Sindicato quer a volta do atendimento presencial nas empresas de gastronomia de Ponta Grossa

0
220

No último decreto, a prefeitura atendeu parte da solicitação da entidade com a volta do drive-thru e retirada no balcão, porém é necessária a volta do atendimento no local

Sindicato quer a volta do atendimento presencial nas empresas de gastronomia de Ponta Grossa

José Loureiro e Daniel Wagner assinaram o documento e protocolaram na Prefeitura | Foto divulgação

Na última quarta-feira (31), o presidente do Sindicato Empresarial de Hotelaria e Gastronomia dos Campos Gerais, Daniel Wagner se reuniu com o secretário de Indústria, Comércio e Qualificação Profissional de Ponta Grossa, José Carlos Loureiro, para apresentar sugestões à gestão municipal em relação à pandemia de Covid-19, a fim de amenizar o impacto econômico nas empresas de hotelaria e gastronomia.

No documento estão sugestões como a volta do consumo em restaurantes, bares, cafeterias e demais empresas de gastronomia com limitação de 50% da capacidade do número de pessoas sentadas, evitando aglomeração. Outro pedido é relacionado a realização de pequenas reuniões corporativas com até 25 participantes, todos seguindo protocolos de prevenção à Covid-19, como uso de máscara e distanciamento.

Para Daniel Wagner, isso vai ajudar as empresas a equilibrarem o caixa.

“Precisamos pensar em como aliar atendimento presencial nas empresas, pois a volta do consumo no local é essencial para que o setor sobreviva e a economia não entre em colapso, evitando demissões em massa e falência e nós temos capacidade para seguir os protocolos de prevenção ao coronavírus”.