Cattalini une-se ao Programa Na Mão Certa para enfrentar a exploração sexual de crianças e adolescentes

Cattalini une-se ao Programa Na Mão Certa para enfrentar a exploração sexual de crianças e adolescentesA Cattalini Terminais Marítimos é a mais nova signatária do Pacto Empresarial contra Exploração Sexual de Crianças e Adolescentesincentivado pela Childhood Brasil por meio do Programa Na Mão Certa. Esta iniciativa reúne governos, empresas, entidades empresariais e a sociedade pelo fim da exploração sexual de crianças e adolescentes nas rodovias brasileiras. O Programa Na Mão Certa apoia as empresas para transformar os compromissos do Pacto em ações, melhorar suas práticas e sensibilizar a cadeia de relacionamentos sobre como prevenir o problema.
 
Ao assinar o Pacto Empresarial e assumir esse compromisso público voluntário, a Cattalini chega ao Programa Na Mão Certa no ano em que completamos 15 anos de atuação. É uma satisfação contar com esta empresa na prevenção e no enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes, um problema que se tornou ainda mais grave por conta das consequências sociais e econômicas no Brasil após um ano de pandemia”, finaliza Eva Dengler, Gerente de Programas e Relações Empresariais da Childhood Brasil.
Lançado em novembro de 2006, o Programa Na Mão Certa tem como principal estratégia a sensibilização dos caminhoneiros para atuarem como agentes de proteção e de enfrentamento da exploração sexual de crianças e adolescentes. Em 15 anos de atuação do Programa, mais de um milhão de caminhoneiros, representando cerca de 50% dos profissionais do Brasil, foram sensibilizados por meio das empresas participantes.
Na Cattalini, as ações de prevenção e conscientização serão desenvolvidas junto às transportadoras, fornecedores, clientes e envolverão diretamente os motoristas que utilizam o pátio de caminhões da empresa.
Estar entre as empresas brasileiras que apoiam este Programa representa uma importante conquista para todo o nosso time. É uma causa de extrema relevância e que deve ser tratada com muita seriedade e ações concretas por toda a cadeia logística. Vamos contribuir para o enfrentamento deste problema que afeta todo o país seguindo as orientações de uma entidade reconhecida internacionalmente e que muito nos orgulha apoiar”, declarou o Diretor-Presidente da Cattalini Terminais Marítimos, José Paulo Fernandes.
Entre as ações, está a implantação do Projeto de Educação Continuada com os caminhoneiros, abordando os direitos da criança e do adolescente. O programa também busca melhorar a qualidade de vida dos profissionais usando temas transversais como saúde, segurança, família, meio ambiente e o uso de drogas e álcool nas estradas.
O Programa Na Mão Certa une-se às demais iniciativas apoiadas pela Cattalini em seu Programa de Sustentabilidade. Atualmente, 20 projetos voltados à cidadania, esporte, saúde, meio ambiente, educação, cultura e bem-estar recebem o incentivo da empresa.
 
Projeto Mapear
A Polícia Rodoviária Federal (PRF), em parceria com a Childhood Brasil, lançou a 8ª edição do Projeto MAPEAR – 2019/2020, levantamento dos pontos vulneráveis à exploração sexual de crianças e adolescentes (ESCA) nas rodovias federais brasileiras. O projeto usa inteligência policial aliada a sistemas de tecnologia para o cruzamento de dados em todo Brasil e, a cada dois anos, consolida as informações em um documento público como ferramenta preventiva ao enfrentamento qualificado e integrado com outros órgãos, instituições e empresas privadas.
Entre 2019 e 2020, a PRF apurou 3.651 pontos de vulnerabilidade à ESCA, o que representa um aumento de 47% em relação ao biênio anterior. No entanto, foram identificados um total de 470 pontos críticos, 0,4% a menos que o biênio anterior e 50,8% a menos em relação ao ano de 2009, quando 924 pontos foram considerados críticos. Cerca de 60% desses pontos críticos estão localizados em áreas urbanas e quase a metade dos locais vulneráveis levantados se encontram em postos de combustível às margens de rodovias.
 
Com o mapeamento dos pontos vulneráveis, as ações da PRF são mais eficientes. A Operação Guarida, por exemplo, que ocorreu em maio deste ano, mobilizou 340 policiais rodoviários federais em dez estados e resultou no resgate de cinco menores. Desde a criação do estudo, em 2003, a PRF já resgatou 4.876 crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade. E, desde 2017, quando passou a desenvolver e contabilizar as ações preventivas e repressivas, a PRF já alcançou mais de 51 mil pessoas.
 
Eva Dengler explica que o enfrentamento à exploração sexual de crianças e adolescentes é um trabalho complexo e necessita uma atuação articulada e intersetorial, pois trata-se de um crime multicausal. Desde 2006, também temos atuado na sensibilização de caminhoneiros para atuarem como agentes de proteção com foco no enfrentamento da exploração sexual em parceria com as 1.600 empresas e entidades signatárias do Pacto Empresarial contra a Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes nas Rodovias Brasileiras“, afirmou. 
 
Pesquisa O Perfil do Caminhoneiro no Brasil
Em 2015, pesquisa encomendada pela Childhood Brasil atualizou os dados sobre o perfil do caminhoneiro realizado nos estudos anteriores, em 2010 e 2005. Foram entrevistados 572 caminhoneiros nos estados do Rio Grande do Sul, Santa Catarina, São Paulo, Pará, Rio Grande do Norte e Sergipe, entre profissionais aleatórios e funcionários de empresas.
A pesquisa tem o objetivo de nortear as ações do Programa e constitui um elemento importante para analisar o comportamento desse profissional. Os dados indicam que o Programa está no rumo correto, com a soma de esforços do poder público, das empresas signatárias e dos próprios caminhoneiros. Um dos dados mais significativos é a diminuição no número de profissionais do transporte envolvidos com a exploração sexual de crianças e adolescentes”, avaliou Eva Cristina Dengler.
Quando questionados se já saíram com crianças ou adolescentes, 87,3% dos entrevistados disseram que não, contra 82,1% em 2010, e 63,2% em 2005. A pesquisa mostrou, entretanto, que houve uma oscilação na consciência dos caminhoneiros em relação à exploração sexual de crianças e adolescentes: 25,4% disseram saber que essa prática é errada na pesquisa de 2015, enquanto em 2010 esse percentual foi de 37% e, em 2005, de 20,8%. Por outro lado, houve um aumento no número de motoristas que já utilizaram o Disque-Denúncia: 6,8% em 2015, contra 4,9% em 2010, e 1,3% em 2005.
 
A Childhood Brasil
A Childhood Brasil é uma organização brasileira que faz parte da World Childhood Foundation, instituição internacional criada em 1999 pela Rainha Silvia da Suécia.
O seu foco de atuação é a proteção da infância e adolescência contra o abuso e a exploração sexual. A organização se tornou referência no país pois já desenvolveu e apoiou projetos que vêm transformando a realidade da infância brasileira vulnerável à violência, dando visibilidade e dimensão ao problema, implantando soluções efetivas adotadas por setores empresariais, serviços públicos e educando a sociedade em geral. Para mais informações, acesse o site: www.childhood.org.br
 
Sobre a Cattalini Terminais Marítimos
Fundada em 1981 no Porto de Paranaguá, a Cattalini Terminais Marítimos oferece aos seus clientes um total de 133 tanques e 610 mil m³ para armazenagem de diversos produtos, distribuídos em quatro Centros de Tancagens alfandegados e entrepostados. A empresa possui píer próprio para atracação simultânea de dois navios e pátio com capacidade para receber 350 caminhões.
Nas operações de derivados de petróleo, a Cattalini Terminais Marítimos movimenta, principalmente, diesel (S-10 e S-500), na importação. Atualmente, mais de 60% do óleo vegetal exportado pelo Brasil passa pela empresa. Na importação de metanol, a Cattalini ocupa posição de liderança no setor, respondendo pela movimentação de cerca de 70% de todo produto importado pelo Brasil.
A Cattalini Terminais Marítimos mantém as certificações ISO 45001 (Sistema de Gestão de Segurança e Saúde Ocupacional), ISO 14001 (Sistema de Gestão Ambiental), ISO 9001 (Sistema de Gestão da Qualidade) e é auditada pelo CDI-T (Chemical Distribution Institute -Terminals).

 kellyfrizzo@gmail.com

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui