Chão de fábrica: Cuide bem dos alicerces do seu negócio

A expressão “chão de fábrica”, como o próprio nome indica, nasceu do local onde estão a maioria dos colaboradores e maquinários que estão na linha de frente da produção mais pesada de uma indústria. É no chamado “chão de fábrica” que a magia acontece e a linha de produção se integra com diversos colaboradores que transformam matéria-prima naquilo que consumimos diariamente.

“É um departamento vital para qualquer indústria e, se não estiver muito bem otimizado e funcionando em harmonia, haverá perda de produtividade de operadores e máquinas, problemas em saber qual o verdadeiro custo e o tempo de produção de cada produto e perda de controle da operação explica Renato Pádua, Gerente Comercial da CWBem. Renato explica que os gestores não podem descuidar do chão de fábrica que, quando bem cuidado, é excelente para avaliar os recursos mais sobrecarregados e mais ociosos da fábrica, acompanhar o andamento da produção e monitorar os recursos em tempo real:

“O ideal é que as empresas passem a contar com soluções em PCP no chão de fábrica para avaliar recursos ociosos ou que estejam sobrecarregados e a partir daí decidirem a melhor forma de otimizar a sua estrutura de pessoal e equipamentos aplicados.” explica Renato.

Acompanhar a produção
Renato reforça que sem gestão, independente das características da fábrica, pequenos problemas vão aumentando como uma bola de neve e tornam-se rapidamente, impossíveis de se controlar em pouco tempo. Se não começar a organizar o chão de fábrica agora, em pouco tempo não tem como saber quais ordens estão atrasadas e quais estão em dia:

“Neste caso, sem um controle bem estruturado com um sistema de apontamento da produção, não adianta nada tentar acompanhar estas ordens conforme a data de entrega. A tarefa de verificar qual etapa a produção se encontra fica prejudicada e o prejuízo sera percebido. Problemas, que de tão imperceptíveis passam fácil, o ideal é evitar que chegue nesse ponto” completa Renato.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui