Colégio Bom Jesus Internacional Aldeia entrega cartas de agradecimento e apoio aos profissionais do Hospital do Rocio, em Campo Largo (PR)

Objetivo da ação foi mostrar solidariedade e homenageá-los pela dedicação durante a pandemia do novo coronavírus

Representantes do Colégio Bom Jesus Internacional Aldeia, localizado em Campo Largo (PR), fizeram um gesto de amor, solidariedade e agradecimento aos funcionários do Hospital do Rocio. Nesta quinta-feira, dia 20 de maio, eles homenagearam os colaboradores por meio da entrega de cartinhas escritas por estudantes do 4.º ao 9.º Anos do Ensino Fundamental do Colégio. As 421 cartinhas carregam mensagens de otimismo e de agradecimento pela dedicação dos profissionais que trabalham no Hospital, especialmente durante o período da pandemia do novo coronavírus. 

As cartas, bem como outros mimos, foram colocados dentro de uma caixa confeccionada por funcionários do Colégio especialmente para a ação. A enfermeira Lídia Ferreira, gerente geral do Hospital do Rocio, foi quem recebeu o material. Ela demonstrou, em nome dos quase 3 mil colaboradores do Hospital, imensa gratidão pelo ato. “Nós ficamos emocionados com a preocupação que a comunidade tem conosco. Vivemos o sacerdócio de cuidar das pessoas que mais precisam, todos os dias; pessoas que não escolhem estar aqui. E também ficamos emocionados quando vemos as recuperações”, disse Lidia.

 O coordenador do Projeto Bom Jesus Social, Frei Claudino Gilz, fez uma bênção no momento da entrega e explicou que atos como esse estão alinhados com os ensinamentos franciscanos do Colégio Bom Jesus, que estimulam toda a comunidade escolar ao exercício da cidadania e da solidariedade para além da sala de aula, ressaltando a importância da formação integral. “Os alunos e professores encontraram na ação uma maneira de se mostrarem próximos aos profissionais de saúde. As cartas são instrumentos para demonstrar todo sentimento de amor, de solidariedade e gratidão a essas pessoas que estão salvando vidas todos os dias”, afirmou o Frei Claudino. 

O Hospital do Rocio conta hoje com sete Unidades de Terapia Intensiva (UTIs), sendo que cinco delas são exclusivas para tratamento de covid. Até o dia 20 de maio havia 182 pacientes com covid internados nas enfermarias, e outros 203 nos leitos de UTI. No total, o Hospital do Rocio tem capacidade para mil leitos.

A gestora da unidade Bom Jesus Internacional, Elizabeth Portela de Almeida, que também participou da entrega das cartas, lembrou que o ato se transformará em alento para as horas mais difíceis, estimulando os profissionais a continuarem firmes e fortes na luta contra a pandemia. “Cada pedacinho desse baú, confeccionado artesanalmente, contém votos de saúde, alegria, força e disposição – e expressam nosso agradecimento”, disse a gestora. “Como educadores, somos igualmente gratos pelo exemplo que os funcionários do Hospital estão oferecendo como referência para nossas crianças – exemplo de comprometimento, perseverança e solidariedade”, agradeceu Elizabeth.

Alunos engajados

A professora Ana Paula Correa Lima, do 4.º Ano, participou da confecção das cartas junto com os alunos. Ela conta que o retorno às aulas trouxe muito aprendizado para todos, tanto para as crianças como para os profissionais da educação. Nesse sentido, a ideia de agradecer quem mais auxilia durante esse período de pandemia se fortaleceu e entrou na pauta de discussões dos alunos e professores. “A proposta de um cartão de agradecimento para os médicos, enfermeiros e todos os profissionais de saúde gerou uma imensa euforia e um sentimento de gratidão aos ‘heróis do hospital’. Para as crianças, eles são literalmente heróis, pois salvam as vidas das pessoas”, comenta Ana Paula.

 A estudante do 9.º ano, Livia Moro Besbati, disse que a motivação para fazer a cartinha foi dar apoio emocional. “Sabemos do esforço que eles fazem diariamente e, por isso, precisam saber que nós damos a devida importância a isso”, disse. Os desenhos e frases foram feitos com dedicação de toda a equipe do Colégio para mostrar o quanto os profissionais da saúde são importantes para todos. “Eles merecem todo nosso respeito, carinho e admiração”, salienta a professora.

 

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui