Cuidados com os pets no frio

Médica veterinária dá dicas para manter a saúde dos animais em dia com as temperaturas mais baixas

No outono, as temperaturas começam a cair e, por isso, o cuidado com os pets deve ser redobrado. Cães e gatos também são afetados pelas mudanças de temperatura e podem, inclusive, ficar resfriados. “Para os animais que vivem dentro de casa, é preciso redobrar o forro nas camas. Já os que estão na área externa, dá para cobrir a casinha com cobertor ou lona, para evitar a passagem do ar gelado. Além disso, colocar cobertores ou caminhas internamente”, explica a médica veterinária da Animal Clinic, Ana Paula Ferreira Castro.

A especialista dá dicas de como cuidar dos bichinhos nesta época de temperaturas baixas.

1- Passear em horários diferentes. “Nem tão cedo e nem tão tarde, para evitar pegar as temperaturas baixas. Mas é importante não interromper o passeio, para que o animal não fique estressado”, explica;
2- Invista nas roupas. “Alguns animais não gostam muito, mas para os que deixam colocar, a roupinha é uma ótima proteção para as temperaturas mais baixa, mas cuidado para não deixar a roupa dias e dias e nunca mais tirar, pois pode causar lesões de pele, dermatites e embolar os pelos”, diz a médica;
3- Banho liberado. “Caso o faça em casa, cuidar com a temperatura da água e também com o horário, para não expor ao vento gelado. É importante secar totalmente os pelos e ouvidos, para não dar problemas de saúde”;
4- Vacinação em dia. “Assim como humanos, os pets precisam manter a vacinação em dia para evitar inúmeras doenças e não ficar com o sistema imunológico prejudicado. Atenção à carteirinha de vacinação. Nesta época tem a vacina da gripe para cães que devem ser realizadas uma vez ao ano. Qualquer dúvida, consulte um veterinário”, completa a profissional.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui