Fórum de Debates do IOP discute o futuro da abordagem do carcinoma de mama metastático

O câncer de mama representa a neoplasia maligna mais frequente que acomete as mulheres (excetuando-se o câncer de pele não melanoma) no mundo. Há vários tipos de câncer de mama, sendo que alguns podem evoluir de forma mais rápida enquanto outros crescem mais lentamente. Um dos grandes desafios é o escolher qual a melhor terapêutica a ser usada. Medicações que têm como alvo o receptor do fator de crescimento epidérmico humano do tipo 2 – Her2 revolucionaram a abordagem do câncer de mama com expressão dessa proteína, mudando o paradigma de tratamento e a história natural dessa doença. Para discutir sobre o tema, o Instituto de Oncologia do Paraná – IOP realiza no dia 27 de maio (quinta-feira), a partir das 19h30, um Fórum de Debates em formato on-line com o tema: “Futuro da abordagem do carcinoma de mama metastático RE-positivo Her2-negativo”. O evento é destinado a mastologistas, oncologistas clínicos e profissionais com interesse em tratamento de mama.

“Este evento é mais uma iniciativa do IOP e parceiros para trazer a todos os profissionais que lidam com câncer de mama a oportunidade de se atualizar e poder debater com profissionais renomados. Discutiremos novas tecnologias e aplicabilidade prática delas, num evento dinâmico e interativo”, afirma Dr. João Soares Nunes.

Abrindo o Fórum de Debates, o IOP traz o oncologista clínico Tomás Reinert, que discorrerá sobre o “Manejo do câncer de mama metastático Her2-negativo RE-positivo”. Dr. Reinert é Diretor científico e médico pesquisador do Centro de Pesquisa da Serra Gaúcha (CEPESG). Atua no Hospital São Lucas da Pontifícia Universidade Católica do Rio Grande do Sul – PUCRS (Porto Alegre) e do Instituto De Vita (Caxias do Sul). Tem interesse especial em oncologia mamária e em linhas de pesquisa em doença receptor hormonal positivo, com especial interesse em hormonioterapia neoadjuvante, terapia endócrina do câncer de mama avançado e tumores de mama localmente avançados.

A segunda palestra será ministrada pela bióloga molecular Graziela Moraes Losso, diretora do Setor de Oncologia Molecular do Mantis Diagnósticos Avançados, que aborda o tema “Testagem de PIC3CA – Quando e como?”. Dra. Graziela é também pesquisadora do Laboratório de Imunopatologia Molecular do Hospital de Clínicas da Universidade Federal do Paraná – HC-UFPR.

“Dicas práticas do manejo glicêmico de pacientes em uso de alpelisibe”, com a endocrinologista e metabologista Juliana Kaminski, do Instituto de Oncologia do Paraná – IOP, encerra a programação de palestras.

Após cada palestra haverá espaço para perguntas e respostas ao vivo e online, comandado por profissionais do corpo clínico do IOP, oportunidade em que os participantes poderão interagir com os especialistas.

As vagas são gratuitas e limitadas. Para inscrições, acesse via Sympla:
https://www.sympla.com.br/forum-de-debates-do-iop-mama__1209097

Confira a Programação:

19h30 – Apresentação, com Dr. João Soares Nunes
19h35 – Manejo do câncer de mama metastático RE-positivo Her2-negativo, com Dr. Tomás Reinert
19h55 – Perguntas e Respostas – coordenação Dr. João Soares Nunes, Dra. Thais de Abreu Almeida e Dr. Sergio Hatschbach
20h15 – Testagem PIK3CA – Quando e como? – Dra. Graziela Moraes Losso
20h25 – Perguntas e Respostas – coordenação Dra. Ana Paula Martins e Dra. Larissa Macedo
20h30 – Dicas práticas do manejo glicêmico de pacientes em uso de alpelisibe – Dra. Juliana Kaminski
20h40 – Perguntas e Respostas – coordenação Dra. Ana Clea dos Santos e Dra. Ana Maria Oliveira
20h45 – Encerramento – Dr. João Soares Nunes e Dr. Sergio Hatschbach

ÚLTIMAS NOTÍCIAS

NEWSLETTER


spot_img

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui