Isolamento social alavancou consumo de cigarros em 2020

Período também foi marcado por um aumento nas vendas das marcas low tiers, reflexo do maior controle de fronteiras por conta da pandemia

Isolamento social alavancou consumo de cigarros em 2020

A crise do novo coronavírus impactou os hábitos dos brasileiros nas mais diversas frentes, inclusive no tabagismo. Em 2020, houve um aumento de 0,9 pontos percentuais no número de fumantes maiores de 18 anos. Por consequência, o consumo do produto cresceu 12,3% na comparação com o ano anterior. É o que aponta o estudo Consumer Insights, produzido pela Kantar, líder em dados, insights e consultoria.

Os dados também indicam que os consumidores estão mais abastecidos de cigarros, já que o volume por viagem ao ponto de venda cresceu 4,7% entre 2019 e 2020 – o que foi impulsionado pelos canais de abastecimento.

Na contramão de outros setores, as marcas Low Tiers de preço foram beneficiadas pela pandemia, com um aumento de 10 pontos percentuais no share de volume entre o primeiro trimestre de 2019 e o último de 2020. Isso se deve ao maior controle das fronteiras no ano passado, o que fez com que o contrabando perdesse 8,2 pontos percentuais no share de volume no mesmo período.

O estudo Consumer Insights avaliou 11.300 lares em todo o Brasil, que estatisticamente representam 58 milhões de lares.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui