Fábrica de software completa 25 anos e expande atuação

Sergio Mainetti Junior, fundador e um dos sócios da empresa: “Nosso trabalho busca cultivar a inquietação e criatividade de uma startup com a experiência acumulada em 25 anos de trabalho com grandes empresas”.

Com tempo de vida suficiente para ser considerada um dinossauro do mercado de Tecnologia da Informação, a fábrica de software Visionnaire completa 25 anos de atividade cultivando o apetite pela inovação de uma startup. A desenvolvedora aproveitou a pandemia para acelerar a adoção do trabalho remoto e iniciar expansão internacional, com captação de clientes em outros países, como Alemanha e Estados Unidos.

Ao mesmo tempo, a empresa sediada em Curitiba segue diversificando seu campo de atuação. Conhecida inicialmente por trabalhos na área de finanças e telecomunicações, hoje desenvolve sistemas para as mais diversas áreas de atividade, da saúde à educação, dos combustíveis à comunicação, do mercado de imóveis até o de recursos humanos, entre outros. Atualmente com 100 colaboradores, todos atuando em home office, em sua história já realizou mais de 2400 projetos com sucesso.

“Desde quando surgimos, procurar a inovação e as melhores soluções para os clientes faz parte de nossa missão e história. O Vale do Silício, epicentro da criatividade tecnológica mundial, está entre as fontes de inspiração da Visionnaire”, conta Sergio Mainetti Junior, um de seus fundadores – ele dirige a empresa ao lado dos sócios Manoel Camillo Penna e Célio de Faria. “Nosso trabalho busca cultivar a inquietação e criatividade de uma startup com a experiência acumulada em 25 anos de trabalho com grandes empresas”.

Célio de Faria também integra a diretoria da fábrica de software.

A Visionnaire Tecnologia foi pioneira, entre o final dos anos 1990 e início dos 2000, em criar sistemas para empresas financeiras como a Tecban, responsável pela Rede Banco 24Horas. Atualmente, também ocupou a vanguarda na adoção de trabalho remoto. “Já havíamos iniciado este processo antes do surgimento do novo Coronavírus. Com a pandemia, aceleramos a mudança e estamos com a equipe 100% remota”.

Rodolfo Oliveira, diretor comercial: “O mundo mudou e a tecnologia da informação não é mais um produto de luxo.

Em paralelo, a empresa também foca cada vez mais no mercado internacional. “O mundo mudou e a tecnologia da informação não é mais um produto de luxo. Ela também aproxima as empresas”, conta o gerente comercial, Rodolfo Oliveira. “Neste sentido, também podemos atender clientes em qualquer lugar”. A Visionnaire hoje tem clientes alemães, norte-americanos, ingleses e paraguaios.

Manoel Camillo Penna, um dos diretores da Visionnaire.

As soluções oferecidas se dividem em cinco ofertas principais de serviços, como conta Oliveira. Além do desenvolvimento de sistemas e aplicativos, também atuam em serviços profissionais – capacitação e treinamento, hunting de profissionais, outsourcing (terceirização e alocação) – criação de sites e portais corporativos, manutenção de sistemas e marketing digital. “Em todas as frentes, buscamos atuar com o uso de metodologias ágeis e na conexão de experiências para transformar negócios”, conclui o gerente comercial.

www.visionnaire.com.br

Últimas notícias

1 COMENTÁRIO

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui