50 milhões de brasileiros sofrem de algum distúrbio da visão. Cuidar da saúde dos olhos é ato de amor próprio, diz oftalmologista

 

60% dos casos são de cegueira e deficiência visual. Porém, se fossem tratados com antecedência, poderiam ter sido evitados

 

O Dia Mundial da Saúde Ocular, celebrado anualmente no dia 10 de julho, traz à tona a discussão sobre um tema muito importante: o cuidado com a saúde dos olhos. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), 50 milhões de brasileiros sofrem algum tipo de distúrbio visual. Deste número, 60% dos casos são de cegueira e/ou deficiência visual. Entretanto, se fossem tratados com antecedência, com diagnóstico precoce, muitos poderiam ter sido evitados. A data tem a intenção de alertar a população e os profissionais de saúde para a importância da prevenção e do diagnóstico de doenças oculares que, se não tratadas adequadamente, podem trazer sérios danos e, nos casos mais graves, levar à cegueira.

Para o oftalmologista do Hospital de Olhos do Paraná, Dr. Andreo Parra, cuidar da saúde ocular é fundamental, pois reflete a saúde do organismo como um todo. Nesse momento de pandemia que estamos vivendo, a importância dos cuidados com a visão se tornou ainda maior, de acordo com o especialista. “Devido ao isolamento social, as pessoas passaram a usar ainda mais os eletrônicos. Isso agravou os casos de miopia já existentes, por exemplo, e está fazendo nascer uma nova geração de míopes, entre elas muitas crianças. Inclusive já foram realizados diversos estudos que comprovam este fato. Além disso, diversas outras patologias e queixas oculares ocorreram com essa mudança de estilo de vida, relacionado ao uso de telas o dia todo e ao confinamento, como por exemplo o olho seco, irritação e o cansaço visual”, comenta o oftalmologista.

A exemplo de outras doenças, o diagnóstico precoce é de fundamental importância para o tratamento e controle de problemas que afetam a visão. “Se foram diagnosticadas no início, muitas doenças da visão são mais fáceis de serem tratadas, a gente consegue proporcionar mais qualidade de vida para o paciente. Tanto em um olho seco, como em um Glaucoma que é uma doença silenciosa que só conseguimos descobrir através dos exames, também a Catarata, DMRI (Doença Macular Relacionada à Idade) todas elas apresentam um prognóstico melhor se tratadas em uma fase não tão avançada. Por isso, é importante fazer um acompanhamento periódico com um oftalmologista, pois depois que a cegueira está instalada, em alguns destes casos não é mais possível reverter, nem mesmo com cirurgia”, explica Dr. Andreo.

 

Dicas para proteger os olhos e manter uma boa saúde da visão:

 

– evitar coçar os olhos;

 

– cuidados com a maquiagem: remover os produtos de beleza dos olhos antes de dormir; não usar produtos fora do prazo de validade; não usar produtos de outra pessoa; usar produtos antialérgicos e sem conservantes;

 

– verificar regularmente o nível de glicose no sangue para evitar problemas oculares provocados pela diabetes;

 

– ao menos uma vez por dia, higienizar a área em volta dos olhos, como pálpebras, cílios e cantos, para remover impurezas e secreções secas evita coceira, irritação ou até conjuntivite;

 

– piscar com mais frequência e fazendo pausas repetidas lubrifica a córnea, evita o ressecamento dos olhos, descansa a vista e auxilia no combate à chamada síndrome da visão de computador;

 

– usar protetor ocular sempre que houver risco de algo atingir seus olhos;

 

– lavar os olhos com bastante água limpa se neles cair qualquer substância;

 

– usar óculos ou lentes de contato apenas quando prescritos por médico oftalmologista;

 

– antes de colocar ou ao tirar as lentes de contato, lavar bem as mãos e higienizar as lentes com produtos indicados pelo fabricante. O estojo onde as lentes são guardadas também deve estar sempre limpo;

 

– utilizar óculos escuros em ambientes com claridade excessiva;

 

– consumir mais peixe: o alimento é rico em ômega 3 e contém vitaminas A, B,D e E, essenciais para a saúde;

 

– não fumar, praticar exercícios físicos, manter o peso adequado e uma boa alimentação, são atitudes saudáveis inclusive para os olhos;

 

– visitar regularmente o médico oftalmologista para fazer exames preventivos!

 

 

Fonte: Conselho Brasileiro de Oftalmologia

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui