Início Entretenimento Cultura Laura Petit traz brega e pop para sua MPB para terminar uma...

Laura Petit traz brega e pop para sua MPB para terminar uma relação tóxica em “Cine Privê”

Trazendo um brega pop alternativo para sua MPB, a cantora e compositora Laura Petit lança “Cine Privê”, uma faixa que apresenta uma sensualidade peculiar para dialogar sobre o término de uma relação tóxica. Com produção musical assinada por Lemoskine (Poléxia, Sabonetes e A Banda Mais Bonita da Cidade ) e coprodução de Eduardo Rozeira (A Banda Mais Bonita da Cidade), a letra traz um discurso de amor próprio e libertação. “Cine Privê” está disponível em todas as plataformas de música digital através do Selo Pomar.

“Sinto que venho de um momento mais melancólico, e isso vinha transbordando na poesia das minhas músicas. Acho que ‘Cine Privê’ é a mais alegre dessa safra chorosa dançante. A produção da faixa foi especialmente rica”, conta Laura Petit.

A artista vai da MPB ao baião, da psicodelia ao experimental. Trazendo uma visão agridoce, bem-humorada e por vezes debochada dos afetos modernos, ela entrega uma sinceridade desinibida, uma candura desconcertante e uma ironia cortante, embaladas por uma instrumentação tão atual quanto nostálgica.

Nascida em Brasília e criada em Curitiba, Petit traz a arte no corpo desde sempre. Bailarina da infância até a adolescência, ela utiliza a linguagem corporal da dança para evoluir sua música. Em 2017, lançou “Monstera Deliciosa”, um álbum que oferecia uma percepção livre e criativa do feminino. O segundo disco, “Pelada por Esporte”, marcou um olhar diferente e fora do universo decadente da temática do álbum anterior, voltando-se para dentro. Recentemente ela começou a trabalhar em uma série de singles, como “Durex”, “Sol na Virilha” e “Cabecinha no Lombo”.

Disponível em todas as plataformas de música digital e no canal do YouTube da artista, “Cine Privê” é um lançamento do Selo Pomar.

SEM COMENTÁRIOS

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui