Pessoas com desvios de septo, pólipos nasais e crises de rinite e sinusite tendem a apresentar cansaço constante

Segundo especialista do Hospital Paulista, obstruções nasais causam microdespertares imperceptíveis, que diminuem a qualidade de vida e do sono

Pessoas com desvios de septo, pólipos nasais e crises de rinite e sinusite tendem a apresentar cansaço constanteVocê costuma amanhecer cansado, mesmo tendo dormido por horas durante a noite? Se sente mal-humorado e sem energia ao longo dos dias, apesar de ter descansado quando necessário? Estes podem ser alguns sinais de doença nasal obstrutiva.
De acordo com o Dr. Nilson André Maeda, otorrinolaringologista do Hospital Paulista, o problema ocorre porque desvios de septo, pólipos nasais e crises de rinite e sinusite causam um impacto negativo no sono, impedindo que as pessoas tenham uma boa qualidade de descanso durante a noite.
“Essas patologias dificultam a passagem adequada de ar pelas narinas, podendo acontecer tanto por uma inflamação da mucosa, no caso das rinites, sinusites e pólipos, ou pelo fato de o septo nasal desviado obstruir um ou ambos os lados do nariz”, explica.
Conforme o médico, essa dificuldade de respiração nasal pode levar aos chamados microdespertares – pequenas fragmentações durante o sono -, caracterizados na polissonografia, exame que mede as atividades respiratória, muscular e cerebral durante o sono.
Dr. Nilson destaca que os microdespertares não são percebidos pelo paciente durante a noite, mas impedem a chegada e a manutenção de um sono mais profundo e reparador para o corpo e para o cérebro, traduzindo-se em sonolência diurna.

Diagnóstico

Caso sinta a sensação constante de nariz obstruído, o recomendado é consultar um otorrinolaringologista o quanto antes, para identificar a causa do problema.
Para um diagnóstico mais preciso, a videoendoscopia nasal, tomografia da face e outros exames laboratoriais podem ser solicitados pelo médico, além da polissonografia já mencionada.

Prevenção

O inverno e a baixa umidade do ar são grandes inimigos das pessoas que sofrem de obstruções nasais. Neste período, o especialista indica a utilização de umidificadores de ambiente.
O médico recomenda ainda práticas como lavar roupas e cobertores que ficaram guardados, antes de utilizá-l​o​s, evitar a exposição às mudanças bruscas de temperatura e retirar do quarto objetos acumuladores de poeira e ácaros, como tapetes, cortinas e bichinhos de pelúcia, que podem ajudar a evitar crises de rinite e sinusite.
Tratamento

Apesar de desconfortáveis, as obstruções nasais são tratáveis. Segundo o Dr. Nilson, é possível ter uma boa qualidade de vida e noites de sono confortáveis, mesmo sofrendo com estes problemas, quando a patologia é acompanhada por um especialista.
“Se tratarmos essas doenças adequadamente, podemos respirar melhor pelo nariz, ter um sono de mais qualidade e isso impacta em um dia a dia melhor. Ter um boa noite de sono faz parte de um dos três pilares para uma vida mais saudável, juntamente com a alimentação equilibrada e a prática regular de atividade física”, finaliza o otorrinolaringologista.
O tratamento das obstruções nasais pode ser feito por meio de medicamentos e, em alguns casos, a cirurgia nasal pode ser muito benéfica, auxiliando numa respiração e qualidade de sono desejadas.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui