Biopark Educação integra tecnologia de empresa residente no ecossistema para agilizar processo de atendimento ao cliente 

Ferramenta Secretária Naty contribui para que centenas de atendimentos via WhatsApp sejam feitos de forma rápida, facilitando a atuação de setores com atendimento ao público 

Um dos objetivos do Biopark é impulsionar negócios e isso é possível graças ao apoio, mentorias, integração e networking. O ecossistema criado pelo parque é uma oportunidade para a geração de novos negócios e até mesmo o desenvolvimento de novas soluções e produtos. Prova disso, é a parceria entre o Biopark Educação e a empresa residente Wake Up Cobranças. Com a solução da empresa, foi possível agilizar de forma consistente o número de atendimentos on-line em recentes campanhas de atração de pessoas para cursos.

No caso do Biopark Connect, o número de atendimentos superou a marca de três mil em pouco mais de 15 dias. Secretária Naty, ferramenta da Wake Up Cobranças, ajudou a filtrar automaticamente as mensagens recebidas a partir da dúvida do próprio usuário e dar uma resposta rápida para os interessados. “Em pouco tempo, o número de inscritos ultrapassou a capacidade de atendimento diário da equipe. Com a Secretária Naty, conseguimos enviar para centenas de inscritos a mensagem inicial de maneira automática e autônoma, com isso, nossos atendimentos praticamente dobraram”, explica Luís Felipe Priester, analista comercial do Biopark Educação.

Luís também destaca a facilidade de acesso às informações referentes a cada atendimento. “Podemos visualizar a entrada de novos contatos, além de gerenciar contatos já finalizados, permitindo controle do fluxo de atendimento”.

Entre os focos da ferramenta está diminuir o intervalo de resposta e evitar o desgaste do contato. “Na nossa plataforma, existe a possibilidade de transferir o atendimento do usuário para outro colaborador de qualquer departamento da empresa, dessa forma em uma única conversa ele pode tratar de vários assuntos. Assim nós diminuímos drasticamente o tempo de atendimento o que, consequentemente, otimiza o atendimento da empresa, proporcionando satisfação ao cliente final”, destaca Willian Torrente, CEO da Wake Up Cobranças.

Manter o atendimento humanizado também é uma das preocupações da empresa. “O fato de termos um atendimento híbrido, com inteligência artificial e humanos, não torna o diálogo menos humanizado. Usando gatilhos neurolinguísticos percebemos que a rejeição de falar com um robô diminui até 40%”, ressalta Willian.

O Biopark Educação foi o primeiro cliente da Wake Up Cobranças no Paraná – a empresa foi fundada em Barra do Garças, no Mato Grosso. “O fato de a empresa estar no ecossistema Biopark, facilitou imensamente o processo de integração da plataforma. Eles resolveram com excelência nossa dor do momento, que era o massivo volume de inscritos no programa”, acrescenta Luís.

Ampliação 

Os bons resultados no trabalho com a área de Educação motivaram o Biopark a aplicar a ferramenta também para atendimento na área de Atração de Empresas, com estreia durante o período de inscrições da Incubadora. A ferramenta agora entrou em fase de avaliação, sendo implantada também em outras áreas como a secretaria, no setor comercial do Biopark Educação, e também nos demais setores comerciais do Biopark, seja na captação de empresas, assim como na venda de terrenos, RH, e demais departamentos que possuem atendimento ao público.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui