Encontrar valores adequados para aluguéis; entenda como funciona o Comitê de Locação do Secovi-PR

Grupo reúne os principais especialistas do mercado para avaliar o setor imobiliário e contribuir para a precificação mais adequada de imóveis disponíveis em Curitiba

Em agosto, o Sindicato da Habitação e Condomínios do Paraná (Secovi-PR) realiza mais uma etapa do Pregão do Comitê de Locação do Mercado Imobiliário de Curitiba. O objetivo do comitê, que se reúne mensalmente para discutir o mercado imobiliário da capital do estado, é ajudar imobiliárias com uma espécie de consultoria ao avaliar, em grupo, imóveis específicos, residenciais ou comerciais e de qualquer metragem, a encontrar os valores adequados para os aluguéis de imóveis. Para participar, as imobiliárias precisam ser associadas ao sindicato.

Com representantes das principais imobiliárias da capital, profissionais com tempo de atuação e conhecimento do mercado consideram itens como idade do imóvel, metragem, estado de conservação, localização, valor do condomínio e do IPTU e sazonalidade para sugerir alteração no preço do aluguel cobrado e, assim, torná-lo competitivo.

“As imobiliárias participantes do pregão já atuam no mercado imobiliário há muitos anos, já conhecem o mercado e têm condições de avaliar o tipo de imóvel que está sendo apresentado versus as opções existentes no mercado”, explica Fátima Galvão, vice-presidente de Condomínios do Secovi-PR e integrante do comitê.

Como funciona

Por meio de um sistema digital integrado ao site do Secovi-PR – o Chave Fácil, que permite a interessados a procura por imóveis –, as imobiliárias registram os dados dos imóveis que pretendem levar para análise – cada imobiliária pode fazer até três ofertas por encontro. Com essas informações, o sistema encontra também as imagens dos imóveis publicadas nos sites das imobiliárias. Esse conjunto de dados permite ao comitê fazer as devidas avaliações, em conjunto com os membros da comissão, um dia antes do pregão. No dia seguinte, o Secovi-PR disponibiliza o link para a reunião – que desde a pandemia, está acontecendo de forma online – e cada representante das administradoras apresenta suas ofertas. O comitê emite, então, pareceres sobre cada imóvel ofertado. Os imóveis avaliados recebem um documento orientando sobre a necessidade de alteração do valor.

“Esse tipo de avaliação nos dá uma sugestão de preço”, informa Marilia Gonzaga, coordenadora do pregão junto ao Secovi. “É preciso saber, por exemplo, que um imóvel de 100 metros quadrados, tantos anos de idade e determinado grau de conservação, e o mesmo imóvel, de metragem similar, mas que não tenha manutenção e ainda tenha problemas de condomínio, terão valores diferentes”, detalha. Essa percepção, que alia conhecimento de mercado, observação do contexto econômico e feeling, é que ajuda na busca pelo preço que pode tornar um imóvel parado por alguns anos atrativo novamente. “Esse olhar vai se aprimorando com o tempo, e torna a identificação [do valor] mais fácil”, afirma.

Em média, cerca de 25 imobiliárias costumam participar dos pregões. Com até três ofertas de imóveis por cada uma, um pregão pode contar com até 75 unidades. O comitê conta atualmente com oito participantes, cada um representando uma administradora.

Procura por espaços maiores aumentou

Marília cita como exemplo um sobrado ofertado no último pregão, em junho deste ano, cujo preço do aluguel estava, em sua percepção, mais baixo do que o valor pelo qual poderia ser oferecido. Segundo a especialista, o fato de ser um imóvel que registrou aumento da procura permitiu que o aluguel pudesse receber um acréscimo. “Como tudo no mercado, a lei é a da oferta e procura, e o pregão é uma amostra disso”, explica.

A pandemia levou famílias a procurarem por metragens maiores para o período que transformou lares em escritórios. O que levou a uma busca maior por casas de dois pavimentos, já que apartamentos pequenos podem inviabilizar o trabalho remoto de duas pessoas. E se for um casal com filhos, a questão do espaço ganha ainda mais importância considerando a necessidade de locais tranquilos para as crianças assistirem as aulas remotas.

Outro exemplo: um imóvel com sete anos, que na época da construção foi avaliado por R$1.500, hoje já não consegue ser alugado por esse valor. “Existem infinitas ofertas de estúdios e imóveis de um quarto disponíveis no mercado em função da suspensão das aulas presenciais nas faculdades. Esperamos que, para 2022, essa situação seja revertida com as aulas presenciais”, acrescenta.

Bom senso e parceria

“O Secovi-PR sempre orientou que a relação entre proprietários e inquilinos seja baseada no bom senso”, retoma Fátima. “Porque nem o proprietário quer que o inquilino desocupe o imóvel, nem o locatário quer se mudar, até porque muitas vezes ele não tem condições de se mudar. Pelo pregão, conseguimos estabelecer uma relação de ganha-ganha, e isso foi geral, não apenas para as empresas”.

O Comitê de Locação já tem a agenda de eventos fechada até o final deste ano. O próximo pregão acontece nos dias 24 e 25 de agosto. No primeiro dia, o comitê faz a avaliação dos imóveis; no da seguinte, se reúne remotamente para fazer as devidas considerações sobre os valores dos aluguéis e possíveis sugestões de alteração discutidas pelo grande grupo.

“Esse grupo é feito de convidados”, diz Marília. “Somos todos empresas concorrentes, mas não somos inimigos. Trocamos experiências entre todos, tudo é feito com muito carinho. E sempre comemoramos quando há a locação do imóvel depois de ter sido avaliado no pregão”, relata.

Próximas datas já agendadas para realização do pregão:

Agosto:

23 – Prazo para cadastro das ofertas dos imóveis

25 – Apresentação das avaliações pelo comitê – 10 horas da manhã

Inscrições: https://secoviunihab.com.br/cursos-e-eventos/#proximos-lancamentos

 

Setembro:

20 – Prazo para cadastro das ofertas dos imóveis

22 – Apresentação das avaliações pelo comitê – 10 horas da manhã

Inscrições: https://secoviunihab.com.br/cursos-e-eventos/#proximos-lancamentos

 

Outubro:

18 – Prazo para cadastro das ofertas dos imóveis

20 – Apresentação das avaliações pelo comitê – 10 horas da manhã

Inscrições: https://secoviunihab.com.br/cursos-e-eventos/#proximos-lancamentos

 

Informações sobre CHAVE FÁCIL | PontoCom | (41) 3308-7571 | (41) 9 9643-1331

Informações PREGÃO VIRTUAL | SECOVI-PR | (41) 3259-6032 | (41) 9 9165-3737

 

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui