Roca Brasil reforça compromisso com a sustentabilidade por meio dos produtos oferecidos nos portfólios de suas marcas

Ciente de sua responsabilidade como empresa no papel de contribuir para uma sociedade cada vez mais focada no uso racional dos recursos hídricos, o time de produtos das marcas Roca, Incepa e Celite investe no desenvolvimento de louças e metais sanitários com alta performance e menor consumo de água 

 

A temática do uso consciente da água se faz presente no mundo inteiro, incluindo no Brasil. Atualmente, o país atravessa uma grande preocupação por conta da escassez dos recursos hídricos, com os reservatórios em níveis baixos e a falta de chuvas – uma estiagem considerada a mais intensa dos últimos 91 anos.

E como fazer para realizar um consumo inteligente da água? A Roca Brasil, detentora das marcas RocaIncepa Celite, é consciente do seu papel de desenvolver produtos inovadores e tecnológicos que contribuam para a economia de água dos usuários. Para tanto, o departamento de Pesquisa e Desenvolvimento de produtos trabalha para, cada vez mais, ampliar o portfólio de louças e metais que disponham de mecanismos que ofereçam a máxima eficácia com um consumo que não interfira na performance e conforto de uso da água. “Nosso empenho é trabalhar fortemente em prol de um uso racional da água, sem interferir no bem-estar e necessidades dos consumidores”, conta Aline Pereira, gerente de marketing da companhia no Brasil.

Conheça a atuação da Roca Brasil para um amanhã mais sustentável:

Bacias sanitárias

Da marca Celite, o co-branding inédito com a Harpic – marca da Reckitt Benckiser –, resultou na criação do dispositivo Smart Clean® | Harpic, uma solução que garante praticidade na limpeza interna do vaso sanitário. O compartimento disposto na tampa da caixa acoplada serve para colocar o bloco Harpic, garantindo o bom funcionamento da descarga e evitando o entupimento do vaso sanitário. Além disso, outro benefício é o prolongamento da sensação de higiene, reduzindo o consumo de água | Foto: divulgação

Ao todo, a Roca Brasil conta com 83 opções de bacias sanitárias com caixa acoplada – das marcas Roca, Incepa e Celite –, que possuem o sistema de duplo acionamento de descarga de 3 ou 6 litros e geram até 60% de economia de água. Por meio do mecanismo de descarga, o botão pequeno libera um volume de 3 litros, empregados para eliminar dejetos líquidos, e 6 litros para dizimar os dejetos sólidos. Por meio desta funcionalidade, é possível limitar a quantidade máxima de água a ser usada na descarga, poupando o recurso natural.

Up to date com o momento atual, o sistema de descarga Touchless promove uma inovação para as caixas acopladas: o sensor integrado permite unir duas importantes questões – saúde e sustentabilidade –, pois a depender do movimento realizado pela mão do usuário, a descarga promove ativação total (6 litros) ou parcial (3 litros).

caixa acoplada Smart Clean®| Harpic conta com o mecanismo de descarga Touchless e garante ainda mais segurança aos usuários | Foto: divulgação Celite

Muito presente nas bacias sanitárias europeias, a Roca Brasil trouxe para os produtos de suas marcas o sistema Rimless, que auxilia para a limpeza eficaz das paredes internas da bacia. A água sai por um orifício no centro, que por sua vez circula por toda a parte interna da peça. A tecnologia atesta alta performance, já que o design do produto conta com paredes internas mais lisas, sem ângulos ou cantos onde a sujeira possa se acumular. Pari passu com todo esse processo, a certeza do mesmo consumo de água – 3 ou 6 litros –, com muito mais benefícios.

 

Sistema de descarga Rimless, exclusiva da Roca Brasil | Foto: divulgação

 

Válvulas para mictórios

Cem por cento do portfólio de válvula para mictórios produzida pela Roca Brasil compreende um mecanismo que gera até 60% de redução de água. Desse montante, 25% dos produtos contam com um mecanismo eletrônico que reduz, automaticamente, a vazão quando o fluxo dos usuários aumenta no local.

Na marca Roca, as válvulas de descarga eletrônicas para mictórios Sentronic se destacam pela facilidade de instalação em qualquer mictório público e seu acionamento: o sensor de movimento impede o contato direto com as mãos e, por consequência, a contaminação por meio de vírus e bactérias. Por meio da tecnologia, ainda é possível configurar o sensor da descarga para sua ativação em um tempo determinado após o uso.

 

Mictório com alimentação externa e conjunto de fixação Mural, da marca Roca | Foto: divulgação

 

Duchas higiênicas

Um complemento importante para os banheiros é a ducha higiênica. Na Roca Brasil, 98% do portfólio oferece o mecanismo ¼ de volta, assegurando economia de água de até 50% quando comparado às versões desprovidas desse mecanismo.

 

Ducha higiênica com derivação Virtus, da Roca | Foto: divulgação

 

Ducha higiênica sem derivação Celite One, da Celite | Foto: divulgação

Ducha higiênica com derivação Avant, da Incepa | Foto: divulgação

 

Torneiras e misturadores

O misturador para lavatório Era possui design com linhas finas, elegantes e conta com o mecanismo ¼ de volta para a economia de água. Modelo perfeito para projetos de banheiros e lavabos | Foto: divulgação

 

Na somatória de todas as marcas, 96% do catálogo de torneiras e misturadores da Roca Brasil já incorporou o mecanismo ¼ de volta, que ratifica a economia de água em até 50%, quando comparado com produtos elaborados com o mecanismo de compressão. Desse montante, 85% disponibilizam o arejador, artifício que gera uma economia de água na ordem de 50%.

 

Torneira de para lavatório Basic com bica alta e mecanismo cerâmico de ¼ de volta com arejador | Foto: divulgação Basic

 

Torneira de mesa Flow com bica flat que proporciona jato tipo cascata, acabamento cromado e mecanismo cerâmico de ¼ de volta | Foto: divulgação Celite

 

E os monocomandos?

Monocomando Syra, da Roca, com bica extraível e 2 tipos de jatos | Foto: divulgação Roca

 

Os monocomandos, além de utilizados em lavatórios, podem ser principalmente incorporados na rotina da cozinha. Nas marcas da Roca Brasil, os modelos apresentam a estrutura de um acionamento e um movimento capazes de gerar duas temperaturas (água quente ou fria). A tecnologia Cold Start propicia economia de energia, uma vez que o ponto de abertura inicial da alavanca efetiva apenas a água em temperatura ambiente, impedindo ligar a água quente sem necessidade.

 

O monocomando Misano é marcado pelo design com forma arredondada, perfeito para quem prefere um design mais orgânico para o banheiro. Possui tecnologia Cold Start e arejador direcionável | Foto: Divulgação Incepa

 

Monocomando Singles One bica móvel e arejador articulado com mecanismo cerâmico de alta durabilidade / Foto: divulgação Roca

 

Chuveiros/duchas manuais

Chuveiro Raindream da Roca | Foto: divulgação

No quesito consumo de água, o banho é um dos momentos de maior consumo: em média, um período de 15 minutos com o registro meio aberto pode alcançar a marca de 135 litros gastos. Além da atenção em diminuir esse tempo, em breve os usuários poderão contar com o regulador de vazão presente no portfólio de chuveiros, torneiras, misturadores e monocomandos.

Acompanhe outras dicas que, no cotidiano, colaboram para a economia de água:

 1 – O banho deve ser rápido: diminua o tempo de 15 para 5 minutos e economize até 90 litros de água;

2 – Feche o chuveiro quando estiver se ensaboando e reduza o consumo de água em até 80 litros;

3 – Mantenha um balde embaixo do chuveiro para receber a água até que ela aqueça. Assim, a água pode ser reutilizada na descarga ou para lavar o banheiro;

4 – Economize mais de 10 litros de água escovando os dentes com a torneira fechada. Utilize um copo de água para enxaguar a boca;

5 – Não demore ao lavar o rosto: uma torneira aberta consome 2,5 litros de água por minuto;

6 – Feche a torneira ao se barbear: uma dica é encher a pia de água e abrir a torneira somente para enxaguar;

7 – Não utilize a bacia sanitária como lixeira: nunca jogue papel higiênico, algodão, absorvente e qualquer outro resíduo;

8- Prefira bacias sanitárias com caixa acoplada: os modelos antigos ou com válvula de acionar podem consumir 18 litros de água, sendo que volume pode aumentar absurdamente se a válvula for pressionada por mais tempo;

9 – Verifique vazamentos. Um buraco mínimo pode gerar muito prejuízo.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui