Empresa curitibana cria software para gestão de municípios

Startup de tecnologia encontra oportunidades de gestão e retenção de lucros fiscais para instituições públicas. 

Empresa curitibana cria software para gestão de municípiosO Software de inteligência fiscal Calcula Tributos é um dos destaques da cena tech do Paraná. A startup aumentou consideravelmente a sua cartela de clientes após a pandemia do coronavírus por oferecer soluções simples para o levantamento de oportunidades tributárias. O software oferece apuração e gestão fiscal para empresas privadas e públicas, mas foi com esta última categoria que encontrou um nicho de mercado ainda pouco explorado.

A presença de estatais e de instituições públicas ligadas aos três poderes ainda é pequena no âmbito digital. Desconfianças quanto à legalidade e a segurança dos sistemas são o principal motivo para que alguns órgãos públicos rejeitem a modernização de suas estruturas virtuais.

No entanto, com a migração de todas as outras instituições para o online, esses setores acabam ficando para trás no quesito praticidade de serviço. Muitas iniciativas funcionam de forma mais precisa no cenário online, por isso, a presença digital de instituições públicas, mesmo que não represente mais lucros, significa uma diminuição significativa dos recursos gastos.

Um caso para tomarmos como exemplo é o da prefeitura de General Carneiro, localizada no sul do Paraná. Para facilitar o lançamento de verbas fiscais o município contratou o software fiscal Calcula Tributos. Este software, além de ter economizado o tempo dos servidores e o dinheiro público – ao evitar o uso de papel e os custos de mobilidade – possibilitou o município de conhecer com exatidão os valores pagos, inclusive os que foram saldados de forma indevida, o que facilitou a apuração precisa dos créditos tributários passíveis de recuperação.

Hoje, na sociedade que está em sua maioria presente no digital, a tendência é que instituições públicas sigam o exemplo da prefeitura de General Carneiro e apostem na modernização dos seus serviços. Julia Colle, diretora de empresas públicas do software, explica que com a pandemia, o número de instituições públicas que procuram soluções digitais aumentou.

“Devido a pandemia do coronavírus, as instituições públicas deixaram o ceticismo de lado e passaram a procurar soluções online para melhorarem os seus serviços. O Calcula Tributos teve um aumento de 30% na cartela de clientes após o início da pandemia, o que afirma a tendência de um aprimoramento do serviço digital. Os órgãos públicos estão finalmente percebendo que a resolução dos problemas de forma online resulta na diminuição dos custos”. Julia Colle

Foi pensando em melhorar a qualidade e o tempo do serviço público que surgiu a Calcula Tributos, software fiscal de inteligência tributária nascido em Curitiba. A Calcula Tributos apareceu com o propósito de oferecer agilidade no controle de lançamento contábil das verbas previdenciárias dos órgãos públicos e na revisão das verbas desse sistema. Além da interface simples e intuitiva, o software aponta as verbas indenizatórias que foram pagas indevidamente, permitindo à instituição pública a simplificação do processo de recuperação de créditos tributários.

O software Calcula Tributos é um braço da Tributo Justo, lawtech paranaense e uma das únicas empresas brasileiras de tecnologia voltada para o direito tributário. A Tributo Justo, além do serviço de recuperação tributária, também atua como uma incubadora de negócios, fomentando e patrocinando empreendimentos inovadores na área de tecnologia jurídica.

Hoje, a presença digital é essencial para prestar um serviço seguro e eficiente. A modernização e a digitalização de processos na gestão pública são algumas das vias que proporcionam um aumento da resolutividade, um princípio absolutamente necessário neste território tão burocrático que é o Brasil. A diminuição da burocracia implica em um aumento de produtividade, o que se prova benéfico tanto para os órgãos públicos quanto para o contribuinte.

marketing4@tributojusto.com.br

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui