FrenCOMEX lança Agenda Legislativa com projetos que podem contribuir para a expansão do Comércio Internacional

Fot

Foto: Agência Brasil

Agenda inclui as principais propostas de lei em trâmite no Congresso Nacional, e que podem aumentar o volume de negócios do Brasil com outros países

A FrenCOMEX – Frente Parlamentar do Comércio Internacional e Investimentos, lança uma Agenda Legislativa com as principais proposições em tramitação na Câmara dos Deputados e no Senado Federal que têm relação direta para o debate de políticas voltadas para o desenvolvimento do Comércio Internacional do Brasil.

Desde a identificação de temas latentes para o setor até a aprovação das propostas e da implementação das regras, é um longo caminho. Por isso, a intenção da FrenCOMEX é que essa trajetória seja construída por meio de grandes debates nos quais a Frente se dispõe a participar para viabilizar as reformas estruturais necessárias, principalmente sugerindo nesta agenda os temas que podem ser apreciados e que são considerados fundamentais para o aumento da competitividade do País.

O lançamento da Agenda Legislativa da FrenCOMEX acontece no dia 28 de setembro, no Palácio do Itamaraty.

A atuação da Frente Parlamentar tem sido de fundamental importância para o debate de políticas voltadas para o desenvolvimento do Comércio Internacional do Brasil.

Os debates propostos pela FrenCOMEX geram discussões em torno de assuntos como negociações de acordos comerciais, tributação de comércio exterior, entre outros tópicos de igual relevância. Alguns dos temas que são levantados pela Frente acabam firmando acordos e negociações de interesse nacional, como é o caso de três tratos firmados entre o Brasil e os Estados Unidos como Boas Práticas Regulatórias, Facilitação de Comércio e Práticas Anticorrupção.

Parceria entre o IBCI e a FrenCOMEX

O Instituto Brasileiro de Comércio Internacional e Investimento (IBCI) faz o secretariado executivo da FrenCOMEX. A Frente, composta por mais de 200 parlamentares, gera debates e atua em uma série de propostas que têm como objetivo simplificar os trâmites burocráticos para que o mercado brasileiro tenha acesso a mais investimentos, além de fortalecer o setor produtivo do país para que haja maior desempenho e melhores resultados no comércio internacional.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui