Microsoft avança para nova tecnologia no Jogo de nuvem

Microsoft avança para nova tecnologia no Jogo de nuvem
Image by Felix Lichtenfeld from Pixabay

A Microsoft, uma das maiores empresas de tecnologia e de “cloud” (nuvem) do mundo, está investindo cada vez mais em sua plataforma de jogo de nuvem, a xCloud. O objetivo é que, cada vez mais, qualquer que seja o dispositivo, os jogadores possam estar jogando jogos pesados, mas sem terem a preocupação de ter uma excelente placa gráfica ou um dispositivo para conseguir aguentar o processamento elevado. Mas será que o mercado está pedindo o jogo de nuvem?

De fato, a Microsoft está acompanhando a tendência de investimento de outros gigantes como a Amazon ou a Apple, que acreditam que o futuro do gaming e iGaming poderá mesmo passar por plataformas em que você apenas terá que escolher o jogo e começar a jogar. Um pouco como já acontece com as plataformas de streaming Netflix, mas dessa vez para você conseguir jogar os jogos sem qualquer tipo de problemas.

Um pouco desse fenômeno já acontece com as salas de poker, como o GGPoker. Isso porque, você está jogando dentro de um software de jogo contra pessoas reais, quer seja mobile ou em seu desktop. Somando a isso, sua experiência de jogo no GGPoker ainda fica mais rica por ter acesso a diferentes variantes de poker, onde você poderá testar seu conhecimento com liberdade e segurança.

Será que os jogos de nuvem vão ser o futuro?

Quantas vezes você já demonstrou desejado em jogar um grande lançamento, como “The Last of Us”, mas não teve a chance de o jogar porque seu dispositivo não aguentava o peso e a exigência gráfica de um jogo tão rico como esse? Ora, é precisamente para combater esse problema que a Microsoft está investindo muito no xCloud, acreditando que essa plataforma de “cloud gaming” poderá ser a solução para esses problemas comuns, permitindo que mais jogadores consigam jogar seus jogos favoritos.

Em suma, perceba que a tecnologia xCloud, da Microsoft, pretende que, ao invés de baixar jogos ou até os comprar, seu dispositivo apenas serviria como sendo o recetor do jogo, tanto em termos visuais, como de áudio. Logo, seria como você estivesse transmitindo o jogo, ao mesmo tempo que você não perderia o controle de sua personagem, tendo um nível de jogabilidade que não estava comprometida.

Imagine que você está assistindo a um filme na Netflix, mas que esse filme era um jogo e você tinha controle sobre essas personagens. Ora, é isso que o “cloud gaming” pretende ser. Porém, essas plataformas, talvez por ainda estarem em fases iniciais de desenvolvimento, ainda apresentam alguns problemas em termos de “lag”. Por isso mesmo, pelo menos para já e até a Microsoft não arranjar soluções mais rápidas no processamento de seu xCloud, não é aconselhável que jogue títulos de precisão competitivos no “cloud gaming”, como é o caso do Fortnite, CS:GO ou FIFA, por exemplo.

Quais são as maiores vantagens de jogar em nuvem?

Percebendo agora com maior detalhe o que realmente se trata o “cloud gaming” e como poderá ser revolucionária para o jeito como jogamos os maiores títulos, deverá entender quais são as principais vantagens apontadas para o desenvolvimento de plataformas como o xCloud, da Microsft. Assim, ao estar transmitindo o jogo, ao invés de o deter, você conseguirá jogar os jogos mais “pesados” em qualquer dispositivo, incluindo tablets ou celulares. Algo impensável sem a solução do tal jogo de nuvem.

Somando a isso, você não precisará de estar constantemente comprando os melhores desktops ou celulares para conseguir jogar qualquer título. O mesmo se verifica com processadores ou até mesmo sistemas operativos. Logo, as plataformas de “cloud gaming”, como a já popular xCloud, da Microsoft, prometem democratizar o acesso aos jogos, para jogadores de todo o mundo.

 m.p.a.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui