Seguro residencial cresce 14% no Paraná

Pandemia ainda reflete na adesão dos paranaenses em 2021; custo-benefício é maior em comparação com contrações particulares

A adesão ao seguro residencial cresceu 14% em negócios no Paraná no primeiro semestre de 2021, quando comparado com o mesmo período do ano passado. O levantamento foi realizado pela Porto Seguro no estado. Para a seguradora, os clientes percebem o custo-benefício ao contratar com um serviço que cobre todos os imprevistos em comparação com serviços particulares para cada problema na casa.

De acordo com Luciana Gomes, gerente da Porto Seguro no Paraná, a maior demanda ainda é reflexo da pandemia, período em que as pessoas ficaram mais em casa. “Com boa parte das pessoas trabalhando em home office durante a quarentena, apareceu a necessidade de ter o apoio de serviços emergenciais, como serviços de hidráulica, desentupidor, eletricista, conserto de eletrodomésticos, instalação de aparelhos eletrônicos e até de mudança de mobiliário, analisa.

Além de problemas corriqueiros, a gerente também afirma que os paranaenses perceberam que o seguro residencial pode ser um grande aliado para garantir a tranquilidade em momentos mais delicados. “O seguro também protege contra incêndios, raios e explosões, danos elétricos, acidentes naturais, danos a terceiros e até quebra de vidros. Entendemos que fazer um seguro residencial é uma decisão importante e fundamental para garantir o patrimônio e bem-estar da família, pois além de coberturas em caso de sinistro, oferece os serviços de assistência 24 horas, trazendo economia e comodidade para todos os moradores da residência”, explica. A Porto Seguro oferece diversos tipos de seguros para proteger residências, com coberturas e serviços personalizados de acordo com a necessidade do segurado.

  • Rodrigo de Lorenzi

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui