Black Friday 2021: ainda dá tempo de vender

A Black Friday rapidamente e há uma crença comum: vender mais no online pode parecer fácil, sem planejamento as vendas não acontecerão como era esperado. Mesmo depois do complicado ano de 2020, que transformou nossas vidas e deu luz às vendas online, o mercado digital só funciona mesmo com um cronograma organizado.

Tem empresas que olham o aumento nas vendas em mais de 77% em 2020 no comparativo com  2019 e criam perspectiva de entrar nesse bolo de vendas: “tudo indica que teremos novamente um aumento de vendas, com movimentações girando em torno de mais de 6,9 bilhões de reais, porém, este mercado confiante só é uma realidade para quem trabalha desde já para o Black Friday que acontece em 26 de novembro. Esperar que comprem sem esforço é perda de tempo e uma fábula” explica Ediney Giordani, Diretor de Projetos da KAKOI Comunicação.

Planejamento para Black Friday
Hoje, os consumidores brasileiros estão acostumados a comprarem pela internet, principalmente via Pix. A primeira lição é, portanto, dar opções de pagamentos para entrar de cabeça na Black Friday.  Em seguida, a empresa tem que definir, nas redes sociais, o que deseja que seu público veja aproveitando a onda Black Friday! Pode ser uma abordagem  formal, divertida, sarcástica, amigável ou até mesmo algo direto e prático. O importante é conversar com quem vai comprar de você, e não tem problema misturar os estilos.

Mas, de nada adianta, ter uma boa rede social sem uma boa página de vendas, a melhor ferramenta online. A página funciona como uma vitrine vendedora de seus produtos, e quando o público é atraído via redes sociais até este ambiente, a página precisa estar preparada para este fluxo de vendas:

“Lembre-se que na Black Friday, o consumidor quer ofertas e compras rápidas. Se esta etapa for complicada e lenta, ele vai pular para o seu concorrente e comprar dele. Afinal de contas, Black Friday é, teoricamente, um único dia e se perder a venda, só na Black Friday do ano que vem” alerta Giordani.

E a taxa de conversão como fica?
Para uma página de vendas eficiente, com uma boa taxa de conversão, é preciso elaborar uma estratégia e deixar o site responsivo, atraente, criativo e persuasivo. Pensando especificamente na Black Friday, procure trabalhar com  layout responsivo, que se adapta com diferentes orientações ou tamanhos de janelas de visualização, como desktop ou mobile.

Faça um título chamativo, simples e claro. Neste dia específico, quanto mais direto forem as informações, melhor será a taxa de conversão.  Elabore uma descrição do produto ou serviço que será oferecido, sem esquecer de mostrar os benefícios do que você está vendendo:

“Vídeos curtos na página também ajudam, pois, permitem uma melhor compreensão e são muito úteis em um processo de conversão. Usar os chamados gatilhos mentais e Call-to-Actions (CTAs) influenciam na tomada de decisão, assim como informações sobre garantia, preço e formas de pagamento”.

Tenha uma oferta de verdade!
Nada de Black Fraude. O consumidor está atento com outras lojas online, portanto uma oferta real precisa ser feita, com descontos que justifiquem o nome Black Friday. As vendas pontuais só acontecem neste dia pelas vantagens oferecidas. Crie promoções bacanas e vá avisando dias antes, atiçando o consumidor:

“É importante pontuar que nesta data, mais do que em outras, o gatilho da escassez está em alta, ou seja, a pessoa “teme” perder a compra, que o estoque acabe e assim por diante, então: Oferta clara, grande destaque para o desconto e formas de pagamento claras, essas são as chaves para o sucesso” finaliza Ediney.

Abaixo, uma sugestão de preparação para a black friday, corre que ainda dá tempo:

Quinta-feira (04/11): Fale com fornecedores e defina o que vai ser oferecido
Sexta-feira (05/11): Crie uma identidade visual para o evento
Sábado (06//11): Avalie seu site ou canais digitais:
Domingo (07/11): Verifique sua plataforma de vendas
Segunda-feira (08/11): Veja quais serão as formas de pagamento
Terça-feira (09/11): Desenvolva uma página para o evento
Quarta-feira (10/11) : Crie um plano de contingência
Quinta-feira (11/11): Começam as primeiras divulgações
Sexta-feira (12/11): Teste as campanhas pagas
Sábado (13/11) :Treine sua equipe
Domingo (14/11): Defina um plano de atendimento
Segunda-feira (15/11) :Comece uma campanha com os clientes atuais
Terça-feira (16/11): Acompanhe de perto as primeiras vendas
Quarta-feira (17/11) Analise o que seus concorrentes estão fazendo:
Quinta-feira (18/11): Avalie os testes das campanhas pagas
Sexta-feira (19/11): Faça ajustes nas campanhas, se necessário
Sábado (20/11): Contrate um influenciador digital
Domingo (21/11)  Intensifique a divulgação:
Segunda-feira (22/11) :Começe a campanha com influenciadores
Terça-feira (23/11):Envie emails com pré ofertas especiais
Quarta-feira (24/11) :Ajude sua equipe o que for necessário
Quinta-feira (25/11): Faça contagem regressiva e envie aos leads:
Sexta-feira (26/11): CHEGOU O GRANDE DIA
Sábado (27/11):  Analise e comemore os resultados
Domingo (28/11) Relaxa! Hoje é domingo, descanse!:
Segunda-feira (29/11): CIBERMONDAY! Aproveite e faça uma oferta especial
Terça-feira (30/11): Aprimore suas estratégias para as vendas de fim de ano.

 

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui