Empreendedor social de Curitiba é eleito uma das 100 lideranças globais que unem lucro e propósito

Cofundador da ASID Brasil e da AGO Social, o empreendedor Alexandre Amorim foi eleito pela Meaningful Business uma das 100 lideranças globais que se destacam pela atuação em negócios que geram lucro ao mesmo tempo em que buscam resolver problemas da sociedade e alcançar os Objetivos de Desenvolvimento Sustentável da ONU. A seleção teve curadoria de um painel de 21 especialistas, incluindo Nikhil Seth, Secretário-Geral Adjunto da ONU.

alexandre amorim

Os 100 líderes empresariais incluem CEOs corporativos, empreendedores, microempresários, líderes de sustentabilidade e investidores de impacto de 33 países. Segundo Tom Lytton-Dickie, fundador e CEO da Meaningful Business, os MB100 deste ano representam o melhor do que negócios, empreendedorismo e inovação social podem ser. “Essas pessoas estão dedicando seu trabalho para resolver os problemas mais urgentes do mundo, proporcionando esperança e inspiração a todos nós”.

Fomento ao empreendedorismo social

Amorim se especializou na área de empreendedorismo e inovação social em Harvard, Stanford e INSEAD. Em 2020, cofundou a AGO Social, empresa que, por meio de programas que alavancam empreendedores sociais na prática, capacitam líderes de organizações da sociedade civil e negócios sociais em temas como sustentabilidade financeira, gestão e modelagem de negócios. O objetivo é incentivar e fortalecer o ecossistema de impacto social no Brasil, setor que ganhou ainda mais destaque durante a pandemia de Covid-19 pela contribuição na geração de oportunidades e transformação socioambiental. 

“Para fortalecer o ecossistema de impacto social é necessário fomento, desenvolvimento, conexões e investimento. Esse é o trabalho da Ago Social. Ficamos muito felizes ao ver que os frutos do trabalho realizado já são reconhecidos, nos dando mais força para seguir nesse caminho e gerar ainda mais transformação social.

Outro braço da AGO Social é o investimento financeiro em negócios de impacto que estão em fase inicial. O primeiro case da AGO é a Olha o Peixe!, negócio social que conecta pescadores artesanais do litoral paranaense e consumidores. “Acesso ao capital é fundamental para consolidar empreendimentos sociais e aumentar sua escala”, finaliza Amorim, que foi eleito pelo MB100 junto a outros quatro brasileiros: Antonio Henrique Dianin (Project Company), Emily Ewell (Pantys), João Leal (Árvore) e Nathalia Arcuri (Me Poupe!).

 Sobre a AGO Social

Criada pelos empreendedores sociais Alexandre Barbosa, Araceli Silveira e Alexandre Amorim, a AGO Social é um negócio que tem a missão de construir uma sociedade de impacto social, por meio de conhecimento, capital e conexões. Oferece formação profissional para quem atua ou quer atuar com impacto social e faz investimento em negócios sociais que estão no estágio inicial, além de fornecer mentorias e acompanhamento. Mais informações em www.agosocial.com.br

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui