Enem 2021: como se sair bem em Biologia na reta final de preparação?

Enem 2021: como se sair bem em Biologia na reta final de preparação?
 Créditos: Freepik

Com o segundo dia de prova do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) batendo à porta, estar afiado em conteúdos de Ciências da Natureza é um passo bem importante. Mas, o que ainda dá tempo de estudar até o dia da prova? Quando se trata de Biologia, o foco deve estar nos assuntos mais recorrentes nas últimas edições da prova: ecologia, fisiologia humana, genética e evolução, portanto,  precisam estar em qualquer plano de estudos nestes últimos dias.

Para a assessora da área de Biologia do Sistema Positivo de Ensino, Samantha Fechio, uma boa dica é prestar atenção em alguns aspectos específicos desses conteúdos. “Sobre ecologia é legal pensar principalmente no impacto da ação do homem na natureza e suas consequências. A fisiologia humana também é importante, tanto de maneira mais ampla, pensando na função dos órgãos e sistemas, quanto em nível celular”, explica. Além disso, a genética atrelada à biotecnologia, a técnicas de transgenia, aos testes de paternidade, entre outros, também costuma ser bastante cobrada. Por fim, é recomendável dar atenção à parte de evolução dos seres, bem como à adaptação desses seres no ambiente onde estão inseridos.

Conteúdos extras

Assim como acontece em todos os componentes curriculares que fazem parte do Enem, a Biologia não precisa nem deve ser estudada apenas por meio dos livros didáticos e materiais de apoio indicados em notas de rodapé, por exemplo. Isso porque, ela é uma ciência viva, que está diretamente relacionada ao cotidiano da sociedade contemporânea. É, portanto, indispensável que os estudantes compreendam os assuntos tratados por ela dessa forma: integrados à vida humana, e não descolados dela, presos às páginas dos livros.

Nesse sentido, Samantha lembra como é crucial atentar-se a outras formas de aprender, especialmente nesta reta final de preparação. “Além de todo o conteúdo, os jovens devem acompanhar perfis de redes sociais que trazem informações atualizadas e diferentes conceitos de Biologia. Também é interessante prestar atenção a reportagens sobre esses assuntos e tentar vincular as informações aos conceitos abordados em sala de aula”, afirma. Dessa forma, segundo ela, é possível identificar aspectos relevantes que poderão estar na prova.

Ela destaca que o Enem não analisa apenas o domínio do conteúdo formal, mas também o quanto os estudantes se desenvolveram ao longo do Ensino Médio. Por esse motivo, “realizar as questões de anos anteriores auxilia muito a ‘pegar o jeito’ e o estilo de prova característicos do Enem. O exame sempre traz questões contextualizadas por textos base. Então, é legal saber identificar rapidamente as informações essenciais que estão nesses textos, vinculando-as ao que está no enunciado ou no comando da questão”, diz.

Biologia em três passos simples

Samantha destaca três dicas para quem quer se sair bem em Biologia:

  1. Saiba ler e interpretar diferentes tipos de texto. A prova de Biologia pode conter tabelas, gráficos, ilustrações e esquemas porque o texto base é composto por esses diferentes recursos de linguagem. Quem tem a capacidade de lê-los consegue entender melhor o que está sendo pedido e chegar à resposta correta.
  2. Faça a conexão dos conceitos específicos de Biologia com outras áreas do conhecimento. O Enem é uma avaliação interdisciplinar e quem se preparar tendo isso em mente terá mais segurança ao assinalar as respostas.
  3. Procure relacionar os conceitos estudados na escola a situações do dia a dia. É também característica do Enem colocar nas questões informações muito presentes na nossa rotina e que deverão ser respondidas por meio dos conceitos formais.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui