Especialista orienta microempresários sobre pagamento do 13º salário

Caso a empresa não tenha caixa para o pagamento dessa despesa obrigatória, é preciso buscar alternativas com muita sabedoria e com a calculadora na mão

Um dos pagamentos anuais mais aguardados pelos funcionários pode se transformar em uma dor de cabeça para os micro e pequenos empresários: o 13º salário. No próximo dia 30 de novembro é o vencimento da primeira parcela, mas nem toda empresa tem organização de recursos para essa despesa obrigatória. “Caso a empresa não tenha se preparado para pagar o 13º salário, uma das primeiras alternativas é rever todo o fluxo financeiro, priorizar os pagamentos e tentar renegociar outros compromissos”, afirma Josiel Nascimento, diretor de Operações da paranaense Finway Soluções Empresariais.

Contudo, o especialista lembra que, normalmente, a solução de curto prazo não é simples, ainda mais depois da crise econômica provocada pela pandemia, em que ter sobra de caixa é um privilégio para poucas empresas. “Além disso, as alternativas de captação de recursos, especialmente capital de giro, são opções muito caras, principalmente com o histórico de crescimento da Taxa Selic, que saiu de 2% em janeiro de 2021 para 6,25% em setembro de 2021.”

Se não for possível fugir do empréstimo, a recomendação é ter uma boa conversa com o gerente do banco da empresa para conhecer todas as opções disponíveis. “Há alguns empréstimos específicos para 13º salário e há possibilidade também de buscar outras linhas de crédito com lastro. Obviamente, as alternativas dependerão do perfil de cada empresa, mas deve-se colocar todas as opções na mesa e escolher a que gere o menor custo financeiro”, aconselha o especialista da Finway.

Na hora das negociações, é importante lembrar que no início de 2022 haverá outras obrigações fiscais e pagamento de impostos. “Portanto, recomenda-se que a empresa faça uma projeção do fluxo de caixa, no mínimo, para os próximos três meses, assim, identificará qual é a exposição de caixa que precisa ser coberta”, aponta.

Prevenir é melhor sempre

Para que essa dificuldade não aconteça no próximo ano, o ideal é que a contabilidade da empresa faça uma provisão mensal dos gastos com 13º salário, mas essa informação precisa ficar visível para o setor financeiro, para que seja contemplada no fluxo de caixa.

“Normalmente, o contador faz tal previsão, porém essa informação fica oculta, englobada dentro das despesas com folha. Então, a melhor forma para que as pequenas e microempresas se organizem para o décimo terceiro é provisionar, ou seja, guardar, todo mês, a parcela correspondente à essa despesa”, destaca Josiel Nascimento.

Como pode ser feito o pagamento do 13º salário?

O especialista da Finway explica que o pagamento do 13º salário nos prazos legais é obrigatório, por isso, caso a empresa atrase o compromisso, é aplicada uma multa de, aproximadamente, R$ 170,00 por funcionário, sendo dobrada em caso de reincidência.

A primeira parcela corresponde a 50% do salário fixo do mês anterior ao pagamento ou, no caso de salários variáveis, 50% da média dos rendimentos no período de janeiro até o mês anterior. “No caso de colaborador admitido após o dia 17 de janeiro, deve-se calcular a proporcionalidade”, diz. Já o pagamento da segunda parcela deve ser realizado até o dia 20 de dezembro, deduzindo a quantia paga na primeira parcela, após os descontos dos encargos legais. “A empresa não deve esquecer que há, também, os encargos sociais incidentes sobre tal despesa, como INSS, FGTS, IRRF, entre outros”, salienta Josiel Nascimento.

Sobre a Finway Soluções Empresariais
A Finway é uma startup de serviços contábeis, fruto de anos de experiência na gestão financeira em diversos segmentos. Com o princípio de que a contabilidade deve ir além dos controles operacionais tradicionais, oferece atendimento contábil aliado à gestão e controladoria empresarial.

Com uma metodologia de controle própria, a Finway desenvolve uma estrutura de informações e indicadores financeiros que auxiliam as empresas na criação de estratégias e tomada de decisões para uma administração mais eficiente. Mais informações estão disponíveis no Instagram @finwaysolucoesempresariais, no Linkedin, pelo telefone (41) 9779-3781 ou pelo e-mail contato@finway.com.br.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui