Médicos abordam saúde integral do homem em ação aberta ao público

Transmissão da Oncoclínicas abordará a prevenção do câncer de próstata e outras doenças

No Brasil, de acordo com o Instituto Nacional do Câncer (Inca), o tumor de próstata é o segundo mais comum entre homens – ficando atrás apenas do câncer de pele não melanoma. Deve atingir 65.840 pessoas em 2021 e cerca de 75% dos casos afetam homens com 65 anos ou mais, sendo que a doença mata mais de 15,5 mil brasileiros anualmente. E com o atraso ainda maior nos exames em 2020 e 2021, o cenário tende a se agravar, com um aumento de casos em estágios mais avançados sendo detectados a partir do próximo ano.

 

Como os sintomas no começo são silenciosos, o câncer de próstata é de difícil diagnóstico, por isso a importância da detecção precoce da doença, quando as chances de cura são mais altas e os tratamentos menos agressivos. Para tratar desse tema, o Grupo Oncoclínicas realizará na próxima quarta-feira (10), às 19h30, a live Câncer de próstata: o preconceito precisa acabar. Médico urologista da Oncoclíncias RS, João Pedro Telles informa que também serão abordadas novas formas de tratamento e tecnologias associadas à terapêutica, além de mitos e verdades sobre a doença. A transmissão ao vivo também terá a participação do urologista Guilherme Ribeiro, também da Oncoclínicas RS, e do oncologista, Elge Werneck, da Oncoclínicas Curitiba.

 

A live integra as ações de conscientização do Novembro Azul e faz parte das iniciativas da Oncoclínicas RS para estreitar ainda mais os laços com a comunidade, levando para discussão assuntos de saúde e bem-estar de interesse coletivo. A transmissão virtual do debate ocorre pelo perfil do Instagram @oncoclinicaspoa e @oncoclinicascuritiba.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui