Por que os jogadores da NBA estão errando muitos lances de 3 pontos ultimamente?

NBA

É indiscutível que está difícil assistir a NBA ultimamente, seja pelo calendário ou pela qualidade das partidas. Em comparação com este mesmo ponto nas temporadas anteriores, a porcentagem de 3 pontos é a mais baixa desde 2015-16, já que todos, de Jayson Tatum a Bradley Beal, parecem estar lutando para acertar a cesta.

Existem várias teorias para a falta de precisão dos arremessos – incluindo as novas regras de arbitragem. Porém, o culpado mais provável seja a nova bola produzida pela Wilson. A marca se tornou a fabricante oficial de bolas da melhor liga de basquete do mundo.

A olho nu, não mudou nada. Quer dizer, a bola continua da mesma cor, ainda tem o mesmo formato e tamanho, mas aparentemente, existem algumas diferenças – isso, claro, de acordo com quem entende do assunto na prática.

O que os jogadores andam dizendo

Depois de 38 anos, a NBA e seu fornecedor de longa da bola laranja de couro, Spalding, se separaram – a NBA fechou um novo contrato com a Wilson em maio de 2020. Com isso, uma nova bola chegou ao jogo.

A Wilson insiste que a bola produzida por eles é uma réplica idêntica a bola da Spalding, mas alguns jogadores não concordam. “É um produto diferente. Não tem o mesmo toque e suavidade que a bola da Spalding”, disse Paul George, do LA Clippers, em uma recente entrevista após o jogo.

“E você vai ver este ano, vai ocorrer vários erros graves … Eu acho que você já viu algumas de bolas no ar nesta temporada, certo?” afirmou o jogador.

Outros céticos em relação à nova bola incluem Joel Embiid, estrela do Philadelphia 76ers, e também o atual MVP Nikola Jokić, que se queixou da falta de aderência.

O armador do Blazers, CJ McCollum, presidente da associação de jogadores, tem recebido feedback sobre a bola de outros integrantes da NBPA. Alguns estão sugerindo até mesmo que nesta edição da NBA resultados improváveis podem acontecer devido a mudança na dinâmica do jogo. Alguns acham que isso é exagero, ou pelo menos uma reclamação prematura.

Em um comunicado, a NBA disse à NPR que comparar as porcentagens de arremessos até agora, nesta temporada, com as dos anos anteriores é “difícil” porque “as porcentagens flutuam muito ao longo de cada temporada”.

Professores de física ponderam sobre o assunto

Esta não é a primeira vez que a NBA tem problemas com a bola. No verão de 2006, a liga introduziu uma bola de basquete sintética como uma substituta para a de couro. Os jogadores odiaram. Alguns reclamaram que chegaram a machucar as mãos.

E então, Kaushik De – um professor de física da Universidade do Texas, Arlington – e sua equipe lançaram um artigo acadêmico revelando todas as diferenças entre a bola de couro e a bola sintética.

“Ao estudar o atrito descobriu-se que, quando as bolas estavam secas o resultado era quase idêntico nas duas versões das bolas. Mas quando ficavam molhadas, isso mudava e muito”, disse Kaushik à NPR.

Com o endosso entusiasmado do vertiginoso CEO do Mavericks, Mark Cuban – um crítico da bola sintética – o tema se tornou viral naquele verão, e a NBA acabou voltando para a bola original no meio da temporada.

Quanto a esta nova bola, produzida pela Wilson, não parece uma mudança tão chocante.

Ainda é couro, para começar. Entretanto, os jogadores da NBA treinam em condições extremamente específicas, então, consultado recentemente, Kaushik acredita que mesmo mudanças sutis na fabricação podem fazer a diferença.

“Os jogadores da NBA são incrivelmente habilidosos, então mesmo mudanças muito pequenas e sutis podem levar algum tempo para se ajustar. E, em alguns casos, talvez seja difícil ajustar seus estilos de jogo a nova bola.”, disse ele.

“Como ainda é uma bola de couro, meu palpite é que os jogadores se adaptariam e se ajustariam a ela depois de um tempo. Agora, quanto tempo é ‘depois de um tempo’? São semanas? São meses? Isso eu não sei” concluiu.

Para finalizar

Não há nenhuma definição ainda sobre o problema. Mas, por enquanto, parece que a liga vai ficar apenas de olho na questão. A NBA e as equipes andam trabalhando em conjunto com a Wilson para melhorar a nova bola de jogo, de acordo com o comunicado de imprensa.

Talvez ainda haja trabalho a ser feito e melhorias possam ser realizadas; ainda estamos no início da temporada da NBA. Talvez os jogadores se adaptem rapidamente, como a história já mostrou em outras situações, e nós voltaremos à bola passando pela rede, como sempre.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui