Tendências da arquitetura e construção para 2022

Uma em cada seis pessoas se mudou do imóvel onde morava durante a pandemia

Tendências da arquitetura e construção para 2022

A pandemia da COVID-19 trouxe à tona a importância do morar bem: dentro de suas casas, as pessoas começaram a repensar e priorizar o bem-estar no dia a dia. Uma pesquisa do QuintoAndar, em parceria com a Offerwise, mostrou que uma em cada seis pessoas se mudou do imóvel onde morava durante a pandemia.

A gerente de incorporações da MDGP, a engenheira Cassia Assumpção Trein, afirma que a busca por imóveis inteligentes, integrados com a natureza e funcionais é uma tendência que veio para ficar. “A relação com a casa mudou. As pessoas passaram um grande período sem sair e perceberam que, muito além de um local de descanso no final do dia, a moradia precisa suprir necessidades diárias, como saúde, bem-estar, contato com a natureza e conforto”, afirma. Cassia pontua os diferenciais que serão cada vez mais tendência nos imóveis:

Integração:

A busca por imóveis que ofereçam ambientes integrados nunca esteve tão em alta. A integração da cozinha, a sala e a sacada como um ambiente único promove a interação e convívio. A integração com a natureza passa a ser valorizada não só nas áreas comuns, mas também nas fachadas verdes, sacadas e decoração. No último ano, observamos uma alta procura por apartamentos gardens e coberturas que proporcionam terraços e espaços abertos, integrados aos espaços internos.

Lazer e bem-estar:

A pesquisa mostra que 25% dos entrevistados dão prioridade para o espaço de lazer na própria casa ou no condomínio, como a piscina e a academia. O parquinho, o espaço kids, além da diversão, proporcionam a convivência com outros moradores.

Home Office:

Os novos empreendimentos já começam a colocar o espaço do home office em destaque no projeto. A pesquisa apontou que 31,8% das pessoas sentiram necessidade de ter um escritório em casa. Integrados e funcionais, eles devem respeitar a privacidade e conforto dos que trabalham em casa, seja dentro do próprio imóvel ou em um espaço comum para receber reuniões no condomínio.

Tecnologia e Logística Inteligente:

Só em 2020, foram mais de 194 milhões de pedidos online no Brasil. Os empreendimentos começam a priorizar a logística interna, com centrais de recebimentos delivery nas guaritas, espaços para encomendas e aplicativos para controle de recebimentos e retiradas. A tecnologia se faz presente também com a Inteligência Artificial, usada em digitais e reconhecimento facial, priorizando a segurança dos moradores.  Espaços destinados a mercados autônomos dentro dos residenciais também estão muito em alta, trazendo facilidade para o dia a dia dos moradores.

Sustentabilidade:

Empreendimentos priorizam cada vez mais a sustentabilidade, seja na construção, com escolha de processos e materiais que tenham menor impacto ao meio ambiente, como no dia a dia, com o reaproveitamento da água da chuva e instalação de painéis solares, que trazem também maior desempenho econômico. Em 2019, o Brasil foi o 4º colocado no ranking mundial de edificações certificadas, o que mostra que mesmo que o valor de investimento seja mais alto, o retorno a longo prazo costuma ser um ponto bastante valorizado.

Sobre a MDGP – Incorporadora com 14 anos de atuação em Curitiba, reúne profissionais experientes e com vontade de empreender de forma moderna e diferenciada, e tem à sua frente o engenheiro civil Marlus Doria, com 29 anos de experiência no mercado imobiliário. Em suas parcerias, conta com a participação da Aurora Centennial, grupo centenário de origem familiar que opera no Brasil, Estados Unidos e Europa e atua nos setores da indústria da madeira, construção civil, tecnologia e incorporação imobiliária. Saiba mais sobre a MDGP e seus lançamentos acessando www.mdgp.com.br

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui