Alta na taxa de juros mostra que momento para investir em imóveis é agora

Carlos Massini – Presidente CICOM Cooperativa Habitacional

Crédito fácil no cooperativismo habitacional atrai quem quer evitar financiamento caro

O Comitê de Política Monetária (Copom) do Banco Central decidiu pelo aumento da taxa básica de juros de 7,75% para 9,25%. Essa alta se reflete nos novos contratos de financiamento e leva os interessados na aquisição de um imóvel a fazerem as contas sobre a possibilidade de contratação de crédito imobiliário. O cenário neste ano foi vantajoso para o consumidor, mas é preciso se planejar para uma redução na oferta em 2022. Nesse contexto, a busca por alternativas ganha força e o cooperativismo habitacional se mostra como opção viável para todos os tipos de públicos.

O governo tem mantido a política de elevação dos juros como tentativa de conter a inflação. Com essa medida, a intenção é estabilizar os juros de longo prazo, dar condições para o crescimento da economia e aumentar a geração de empregos. Desde julho de 2021, porém, o ciclo de aumentos vem sendo repassado às taxas de financiamento imobiliário, que se mantiveram atrativas, mas já dão sinais de dificuldade de acesso aos consumidores. Num cenário em que cada 1% de alta na taxa de juros leva a um aumento de cerca de R$ 240 na parcela do financiamento – e exige aproximadamente R$ 800 a mais na renda comprovada –, o cliente com médio e baixo potencial de pagamento é levado a analisar opções para realizar o sonho da casa própria.

Com a retomada gradual da economia após o período mais intenso da pandemia, o cooperativismo habitacional tem se mostrado como uma alternativa atraente a esse público. Nessa modalidade de aquisição de imóveis, em que pessoas têm um objetivo comum – e exclusivo – de conquistar um imóvel, os custos se tornam muito mais justos. “As cooperativas habitacionais operam para oferecer residências com custos mais acessíveis para seus cooperados e com condições mais facilitadas. O importante é conseguir adquirir uma casa própria”, Carlos Massini, presidente da CICOM Cooperativa Habitacional, que atua em Guarulhos (SP).

Mesmo com o retorno das atividades presenciais, muitas empresas têm oferecido a opção do home office, fazendo com que a busca por imóveis maiores e funcionais se intensificasse.  Segundo pesquisa da imobiliária digital Quinto Andar, 73% dos brasileiros passaram a ver seus lares de forma diferente por conta da pandemia, o que impacta no tipo de imóvel e as características mais valorizadas por quem procura um local para morar e trabalhar. Os dados mostram que 31,8% das pessoas sentem necessidade de ter um escritório em casa, 28,4% passaram a dar mais importância para a área verde ao entorno do imóvel e 25% a áreas de lazer.

No cooperativismo habitacional, em que o coletivo de interessados alcança condições de pagamento que um comprador individual dificilmente obteria no mercado convencional, o cooperado tem a possibilidade de adquirir sob preço justo um imóvel de excelente qualidade e que ofereça a comodidade necessária para atender o anseio de ampliar o espaço para trabalhar em casa”, afirma o presidente da CICOM, que possui empreendimentos em localizações privilegiadas, com projetos que valorizam a funcionalidade dos apartamento e que contam com ampliados espaços de convivência e lazer.

As mudanças de perfil de imóvel desejado tendem a ser permanentes, o que influenciará todo o mercado imobiliário por um longo período. Com a demanda por imóveis sendo mantida mesmo num cenário de alta dos juros, os interessados são atraídos por modelos que privilegiam o pagamento direto, sem intermediação de bancos. Essa operação precisa ser adotada com cautela, a fim de trazer segurança para o cliente e garantir que ele receberá um produto de qualidade dentro dos prazos estabelecidos.

O cooperativismo é um modelo socioeconômico eficaz. Os interessados precisam apenas ter cuidado para encontrar cooperativas sérias e com responsabilidade no processo. Os gestores da CICOM atuam há 15 anos no segmento e usam essa experiência para administrar com sabedoria o empreendimento”, ressalta Massini.

Sobre a CICOM

A CICOM Cooperativa Habitacional nasceu do sonho de transformar um objetivo em realidade: ajudar a reduzir o déficit habitacional do País, reconhecendo que todos podemos ser ferramentas poderosas para a solução e atendimento de uma causa. Moradia é um direito de todo cidadão, por isso, a CICOM desenvolve projetos voltados à área de habitação sob dois processos: a construção de empreendimentos imobiliários através do cooperativismo e a adequação de moradias em estado irregular a partir da regularização fundiária. Na CICOM os objetivos são comuns a cada comunidade atendida, e a responsabilidade é compartilhada, solidária e colaborativa.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui