Anderson Batista antecipa EP de estreia solo recriando clássico de Jorge Ben, “Emílio”

Anderson Batista propõe um verdadeiro caldeirão sonoro e uma ponte entre a Bahia e o Rio de Janeiro em “Emílio”, canção de Jorge Ben Jor que ganha novos contornos nas mãos do músico. Cria do Carnaval carioca, onde atua como instrumentista há seis anos, Anderson se volta para o sambalanço nessa nova interpretação ao lado dos músicos Glaucus Linx e Sandro Lustosa. “Emílio” recebe um clipe, disponível no YouTube.

Eternizada em gravação com o Timbalada, a composição de Jorge Ben faz uma brincadeira de palavras que une a insinuação sexual com referências da culinária afrobrasileira para traduzir uma atração de dar água na boca. Anderson Batista traz a malemolência carioca para essa história baiana, onde o samba rock se encontra com o soul, o afrobeat e o jazz. O sambalanço que habita seu imaginário desde a infância na Baixada Fluminense ganha contornos mais modernos nos arranjos do próprio artista ao lado do também diretor musical e instrumentista Glaucus Linx (piano elétrico, synths e sax).

Essa mescla de ritmos dá o tom do EP “Pra Fazer Valer”, que marcará a estreia solo de Anderson Batista após uma vivência no cenário musical carioca ao longo dos últimos anos. A proposta é de promover a união entre seu passado e o presente.

“É uma festa onde se encontram sintetizadores e o rum, agogô e programações, a Bahia e o Rio, um mistura de gêneros e ritmos que grita pela valorização das nossas vivências e dos nossos territórios, sejam eles afetivos ou espaciais”, adianta Anderson.

Enquanto isso, é possível conferir “Emílio” no canal do artista no YouTube.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui