Como driblar a inflação na ceia de fim de ano?

Escolha de produtos regionais, substituição de ingredientes nas receitas e planejamento financeiro estão entre as dicas
A criatividade na hora de escolher o cardápio da ceia de Natal e Réveillon terá de ser redobrada neste ano. Isso porque a inflação jogou para cima o preço dos produtos mais tradicionais na mesa dos brasileiros: carnes, aves, bacalhau e vinhos.

A alta de preços no acumulado de 12 meses chegou a 27% em itens típicos desta data, segundo levantamento do Instituto Brasileiro de Economia (Ibre) da Fundação Getúlio Vargas (FGV). As aves lideram o ranking, segundo dados do Índice de Preços ao Consumidor (IPC-10), com aumento superior a 25%.

A lista tem ainda ovos (20,05%), carnes bovinas (16,68%), azeite (13,69%), bacalhau (7,98%), vinhos (7,77%), lombo suíno (6,48%) e pernil suíno (3,44%). O professor de Marketing, Pesquisa de Mercado e Branding do UniCuritiba, Sérgio Czajkowski Júnior, explica que o avanço nos preços reflete uma combinação de fatores.

“A pandemia trouxe implicações para a economia mundial e interferiu fortemente nos índices de inflação. Além disso, com a demanda reprimida do mercado chinês e o aumento das exportações, a oferta de produtos, principalmente de origem animal, reduziu no Brasil e elevou o preço para os consumidores locais”, explica o especialista, doutorando em Administração.

Fatores climáticos, alta do dólar (que pressiona o preço de produtos importados como vinhos e bacalhau), aumento no preço da ração (resultado do preço do milho e da soja) e custos logísticos elevados provocados pelo alta do diesel se somam à conta, deixando a ceia ainda mais salgada.

Valorização de produtos regionais
A dica do professor do UniCuritiba – instituição que faz parte da Ânima Educação, uma das principais organizações de ensino superior do país – é substituir itens importados, marcas famosas ou artigos com alto valor agregado por produtos locais. “Privilegiar os produtores e o comércio local é uma excelente alternativa para driblar os preços e valorizar as marcas regionais. Com certeza, a qualidade da ceia estará garantida, com valores mais convidativos.”

Outra orientação é fazer o planejamento financeiro para começar 2022 sem dívidas e evitar o uso do crédito rotativo do cartão de crédito. “Essa é a maneira mais cara de obter empréstimo e a principal forma de endividamento dos brasileiros”, alerta Sérgio Czajkowski Júnior.
A recomendação é usar o 13º salário e a participação nos lucros – paga por algumas empresas – para quitar as dívidas antes de fazer novas compras. “Reserve também uma parcela para as despesas e impostos do início do ano e só o que sobrar deve ser gasto nas festas. O melhor é começar 2022 com as finanças equilibradas”, ensina o especialista.

Receitas para a ceia
A coordenadora do curso de Nutrição do UniCuritiba, professora Maria Fernanda Koch Temporal, preparou duas receitas para ajudar quem pretende driblar a inflação. A sugestão é trocar o tradicional chester ou peru pelo frango e caprichar na farofa com ora-pro-nobis – uma planta comestível e rica em proteínas. Tudo para surpreender seus familiares e amigos com uma ceia nutritiva, saborosa e saudável.

FRANGO RECHEADO SAUDÁVEL
Ingredientes:
• 1 frango inteiro sem pele e limpo
• 1 xícara de ricota
• 2 colheres de requeijão
• Meia xícara de cenoura ralada
• Meia xícara de vagem picada cozida al dente
• 1 tomate picado sem semente
• 1 cebola pequena inteira
• Sal e cheiro verde a gosto

Modo de preparo:
Tempere o frango conforme a sua preferência e deixe marinando na geladeira de um dia para o outro.
Misture a ricota, o requeijão, a cenoura, a vagem, o tomate, o sal e o cheiro verde. Recheie o frango com essa mistura, mais uma cebola inteira pequena crua (para manter a umidade).
Leve ao forno envolvido em papel alumínio por mais ou menos 40 minutos, retire o papel alumínio e deixe dourar.

FAROFA DE ORA-PRO-NOBIS E BANANA
Ingredientes:
• 2 xícaras de farinha de milho
• 10 folhas de ora-pro-nobis cortada em fatias bem finas
• 2 bananas picadas em pedaços pequenos
• 1 cebola inteira
• 2 dentes de alho
• 1 colher de sopa de manteiga
• Sal a gosto
Modo de preparo:
Refogue a cebola e o alho na manteiga, em seguida refogue a ora-pro-nobis até murchar. Quando estiver bem refogado, acrescente a farinha de milho, a banana, tempere com sal e mexa.


Sobre o UniCuritiba
Com mais de 70 anos de tradição e excelência, o UniCuritiba é uma instituição de referência para os paranaenses e reconhecido pelo MEC como uma das melhores instituições de ensino superior de Curitiba (PR). Destaca-se por ter um dos melhores cursos de Direito do país, com selo de qualidade OAB Recomenda em todas as suas edições, além de ser referência na área de Relações Internacionais. Conta com mais de 40 opções de cursos de graduação, em todas as áreas do conhecimento, além de cursos de pós-graduação, mestrado e doutorado.

Possui uma estrutura completa e diferenciada, à disposição dos seus mais de 6 mil estudantes, com dois campi (Milton Vianna Filho e Pinheirinho) e mais de 60 laboratórios. Com professores mestres e doutores que possuem vivência prática e longa experiência profissional, o UniCuritiba tem seu ensino focado na conexão com o mundo do trabalho e com as práticas mais atuais das profissões, estimulando o networking e as vivências multidisciplinares.

Sobre a Ânima Educação
Com o propósito de ‘Transformar o Brasil pela Educação’, a Ânima é o maior e o mais inovador ecossistema de ensino de qualidade do país com um portfólio de marcas valiosas e um dos principais players de educação continuada na área médica. A companhia é formada por uma comunidade de aprendizagem com cerca de 350 mil pessoas, composta por mais de 310 mil estudantes e 18 mil educadores, distribuídos em 18 instituições de ensino superior e em mais de 400 polos educacionais por todo o Brasil. Integradas também ao Ecossistema Ânima estão oito marcas especialistas em suas áreas de atuação, como HSM, HSM University, EBRADI (Escola Brasileira de Direito), Le Cordon Bleu (SP), SingularityU Brazil, Inspirali e Learning Village, primeiro hub de inovação e educação da América Latina, além do Instituto Ânima.

Em 2021, a Ânima conquistou o 1º lugar no setor serviços e ficou na 45ª posição no ranking das 150 empresas mais inovadoras do Brasil pelo Prêmio Valor Inovação –parceria do jornal Valor Econômico e a Strategy&, consultoria estratégica da PwC. Além disso, foi destaque no Guia ESG da revista Exame como uma das vencedoras na categoria Educação e conquistou, em 2019, o prêmio Mulheres na Liderança, na categoria Educação, iniciativa da ONG Women in Leadership in Latin America (WILL). Desde 2013, a companhia está na Bolsa de Valores, no segmento de Novo Mercado, considerado o de mais elevado grau de governança corporativa.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui