Crescimento exponencial e internacionalização são a realidade da maringaense DB1 Global Software

Com praticamente 20% dos unicórnios brasileiros em sua carteira de clientes, a DB1 Global Software cresce 49% em faturamento no primeiro semestre e 30,4% em colaboradores nos três primeiros trimestres de 2021.

A empresa experimentou ainda um crescimento de aproximadamente 20% na carteira de clientes, sendo um terço apenas de clientes internacionais, tais como Kyani e Brainworks.

Com o posicionamento de ser a extensão transformadora dos clientes, a DB1 Global Software, uma empresa do DB1 Group, especializada na consultoria de software e tecnologias sob demanda com base em metodologias ágeis, anuncia o balanço dos negócios em 2021 com quatro unicórnios em seu portfólio.

A DB1 Global Software realiza um trabalho consultivo, focado no objetivo do cliente e em trazer resultados rápidos. Seu alto nível de assertividade e baixo índice de retrabalho assegura entregas dentro do prazo combinado e com qualidade acima da média de mercado.

Com seus processos definidos e uma forte cultura empresarial, a empresa cresceu 49% em faturamento no primeiro semestre em relação ao mesmo período do ano anterior. Para se manter sustentável diante do crescimento e da complexidade dos projetos, a equipe da DB1 Global Software cresceu 30,4% nos três primeiros trimestres do ano.

A empresa experimentou ainda um crescimento de aproximadamente 20% na carteira de clientes, sendo um terço apenas de clientes internacionais, tais como Kyani e Brainworks. Para acelerar ainda mais esse processo de internacionalização, a empresa participou em agosto desse ano do 2021 XChange+ no Texas e aproveitou a ocasião para fazer o networking com 26 empresas norte-americanas.

A empresa de Maringá, um dos maiores polos de TI do sul do país, cresce exponencialmente e cria plataformas de tecnologia para grandes empresas como AL5 Bank, Avenue, Banco Fator, Brainworks, Brookfield, Caiado, Filoó, Kyani, Neon, Omni, Pagbem, Plaenge, Senac -MS, Treetech e Zoop, entre outras.

Dentre tantos projetos desenvolvidos em 2021, a consultoria prestada aos unicórnios brasileiros merece destaque. São eles: EBANX, MadeiraMadeira, Creditas e Stone Linx. As empresas consideradas unicórnios são startups avaliadas em mais de 1 bilhão de dólares antes de abrir seu capital em bolsas de valores. São chamadas assim em referência à raridade da criatura mítica.

Crescendo com os unicórnios

Uma característica marcante das empresas consideradas unicórnios é a criação de serviços que resolvem problemas e facilitam a vida das pessoas. Isso está alinhado com a cultura da DB1, que busca sempre criar a melhor experiência para todos que se relacionem com a marca.  Tudo isso sem deixar de focar em resultados e agilidade.

A consequência desse alinhamento são parcerias que impulsionam a DB1 a crescer exponencialmente, sem renunciar a seus valores e pilares culturais. Mas como essas empresas chegam à DB1?

A DB1 é reconhecida como uma das marcas mais inovadoras do Brasil quando o assunto é consultoria de software. Isto vem sendo construído há 20 anos, sempre mantendo o compromisso de entregas de alto valor agregado para todos os seus parceiros, com especialização no desenvolvimento de software sob demanda.

Assim, a gigante maringaense vai conquistando a confiança de empresas como a EBANX, primeiro unicórnio da região Sul do país. A plataforma permite que empresas estrangeiras como Spotify, Airbnb e Alliexpress vendam produtos e serviços a brasileiros, cobrando em moeda local.

A Creditas, principal fintech de crédito do país, especialista em empréstimos com imóvel ou carro como garantia, é outro unicórnio que confia na consultoria da DB1 para aprimorar suas soluções de Conta Digital e PIX. A empresa atualmente emprega mais de 2.500 colaboradores e recebeu aportes de fundos de capital de risco internacionais, que somam mais de US$ 569 milhões.

Outra empresa paranaense, a MadeiraMadeira, maior loja online de produtos para casa do Brasil, iniciou sua parceria com a DB1 em 2020. A missão dessa parceria é desenvolver novos sistemas voltados para soluções de pagamento e logística. A MadeiraMadeira tornou-se o 16º unicórnio brasileiro e o 1º de 2021 por meio de um aporte de US$ 190 milhões liderado por SoftBank e Dynamo.

O último unicórnio do portfólio é a Stone, que adquiriu a Linx por R$ 6,7 bilhões em 2020. Especialista em tecnologia para o varejo e líder no mercado de software de gestão, a Linx já confiava na consultoria da DB1 desde 2020. Como responsável por criar plataformas que ajudem o empreendedor brasileiro, a Stone Linx mantém parceria com a DB1 por acreditar em sua assertividade e preocupação com a segurança da informação, já que uma das certificações da maringaense é a ISO-27001.

Se no final do ano passado a DB1 Global Software anunciou David Santos como novo sócio e CEO, em setembro desse ano foi a vez de anunciar Mateus Hernandes Rodrigues como seu novo Head Internacional para dar sustentação ao crescimento exponencial e à internacionalização da empresa.

De acordo com David Santos, o crescimento em 2021 e a ampla conquista de confiança das maiores startups do país demonstra o comprometimento da empresa com as mais modernas metodologias, transparência total em cada projeto e o propósito de entregar valor aos clientes. “Ser a extensão transformadora do cliente é nossa missão, e para isso, contamos com um time altamente capacitado que realmente ‘veste a camisa’ de cada cliente e dá tudo de si para realizar entregas de impacto. Mais do que entregar no prazo e com qualidade, buscamos realmente ajudar nossos clientes em seus objetivos. Queremos apoiar ativamente cada empresa, unicórnio ou não, a se tornar cada vez mais competitiva”, afirma.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui