Custos reduzidos garantem resultados positivos

Como melhorar os resultados das empresas para ficar no positivo em 2022

A crise econômica causada pela pandemia da COVID-19, que teve início em 2020, ainda deixa resquícios no país. A perspectiva é que em 2022, a inflação e a alta taxa de juros ainda afetem a economia, dando um respiro apenas em meados de 2023. “Ainda que haja uma perspectiva de retomada da economia, a inflação eleva consideravelmente o custo de tudo, impactando, muitas vezes, na receita X gastos”, explica o consultor em Lean 6 Sigma e CEO da Iwankio Consulting, Alexandre Iwankio.

Melhorar resultados e reduzir custos. Essas duas variáveis são a chave para ter sucesso em 2022. Porém, alguns hábitos e gastos podem ser reavaliados, pois impactam diretamente no resultado final de uma empresa.

            “Primeiramente, é preciso fazer um planejamento e colocar no papel o que é custo (colaborador, luz, água, telefone), o que é investimento (treinamentos, processos de coach, novos softwares) e o que é gasto. Então, a partir daí, ver onde é possível enxugar. E, acredite: muita coisa pode ser modificada e gerar um impacto significativo nas contas do final do mês”, explica o profissional. Além disso, é fundamental melhorar o desempenho dos processos, utilizando-se de estratégias e ferramentas que auxiliem na eliminação de desperdícios. “Os desperdícios impactam direta e significativamente os custos, e combatê-los fará grande diferença nos resultados da empresa, tanto a curto quanto a longo prazo.”

            Iwankio dá algumas dicas de como evitar desperdícios e reduzir custos para melhorar os resultados em 2022.

Defeitos

Esse tipo de desperdício é fácil de detectar e entender. Um defeito ocorre quando um produto ou serviço fica aquém das expectativas do cliente. Se você não os notar, seus clientes notarão. Os defeitos causam retrabalho caro, material perdido e clientes decepcionados (e perdidos). Aplicar metodologias e ferramentas de melhoria de processos é fundamental para determinar e eliminar as causas dos defeitos nos processos de negócios.

Superprodução

Fazer mais do seu produto do que os clientes exigem leva a recursos desperdiçados e custos de manutenção de estoque desnecessários. Ambos os fatores custam dinheiro e reduzem a lucratividade. A solução de longo prazo para a superprodução é implementar um sistema puxado, que mude a filosofia de produção de feito para estoque para produção sob encomenda. Empresas que estão em sintonia com as necessidades do cliente têm muito mais facilidade de agendamento e previsão e não exigem grandes estoques.

A espera

Embora possa parecer inofensivo, a espera é cara. Materiais ociosos não agregam valor para o cliente. Os funcionários que ficam parados enquanto são pagos não criam valor e reduzem a lucratividade. Eliminar gargalos no processo de produção, balancear atividades e melhorar as comunicações pode ajudar a reduzir o tempo ocioso.

Processos sem valor agregado

Você acredita que existem etapas em seu processo que podem ser eliminadas sem reduzir a qualidade do produto? Pense com cuidado!

Você inspeciona seu produto?  Esta etapa do processo pode ser excluída com segurança quando o produto é feito certo da primeira vez.

Compreenda o que é realmente importante para seu cliente. Isso agrega valor, tudo o mais pode ser um processamento desnecessário que você pode eliminar ou minimizar em seus processos.

Transporte

O transporte do produto até o cliente é fundamental. Mas, se o processo movimentar os materiais pela fábrica sem agregar valor ao produto, estará desperdiçando tempo e dinheiro. Processos eficientes eliminam transporte desnecessário! Uma revisão de layout otimiza o fluxo de operação e reduz os transportes excessivos.

Estoque

Este desperdício ocupa espaço e consome dinheiro. Além disso, também incentiva outras perdas com superprodução, maiores defeitos e processamento sem valor agregado.

Elimine o volume de trabalho em andamento, reduzindo as lacunas no processo de produção e melhorando os métodos de previsão.

Movimento

Uma etapa do processo de produção deve ser concluída com a menor quantidade de movimento possível. Usar mais movimento do que o necessário é um desperdício de recursos.

Máquinas e estações de trabalho podem ser projetadas ou redimensionadas para minimizar o movimento dos operadores.

Talento não utilizado do funcionário

Os funcionários são uma ótima fonte para novas ideias e inovação. Infelizmente, as organizações falham em incentivar os funcionários e eles fazem apenas uma fração das contribuições que poderiam ser feitas de outra forma. Use incentivos e recompensas aos funcionários para explorar o talento dos funcionários.

Identificar e combater desperdícios não deve ser um ato isolado, mas um exercício contínuo de olhar para o que você faz atualmente e melhorá-lo. “Você não terá uma organização perfeita após as primeiras mudanças no processo, mas com o foco na melhoria contínua dos processos e na redução de desperdícios na empresa, você terá um aumento contínuo na qualidade, satisfação do cliente e eficiência, aumentando a lucratividade do negócio”, finaliza.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui