Dia de Doar mobiliza mais de 2 milhões e 300 mil reais em doações online com ações espalhadas pelo país

No dia 30 de novembro, milhões de pessoas se engajaram para celebrar a generosidade no Brasil, fazendo parte do Dia de Doar. De acordo com os dados iniciais levantados pela iniciativa, foram mobilizados mais de R$ 2,3 milhões em doações online no dia 30. No total, mais de 23 milhões de pessoas foram alcançadas pelas redes sociais com a mensagem sobre doação.

“Nós percebemos o país prestando cada vez mais atenção ao tema da doação, falando sobre e ela e praticando a generosidade, em um ano em que o Dia de Doar saiu do virtual, depois de 2020, e esteve presente também nas ruas”, afirma João Paulo Vergueiro, diretor executivo da Associação Brasileira de Captadores de Recursos (ABCR), organização que lidera o Dia de Doar no Brasil.

Para conhecer parte do impacto do Dia de Doar, a iniciativa conta com um Programa de Dados e parceria com as empresas Abacashi, Altrus, Apoia.se, Arredondar, Benfeitoria, BSocial, Catarse, Doação Solutions, Doare, grifa.me, iFood, Reapp, Sharity, Stilingue, Trackmob e Vakinha.

As ações do Dia de Doar mobilizaram organizações sem fins lucrativos, pessoas físicas, órgãos públicos e empresas, que puderam realizar campanhas de doações em dinheiro, conscientização e também em cestas básicas, alimentos, fraldas, entre outros.

Na cidade de Jaboticabal, no interior de São Paulo, por exemplo, aconteceu o “Pedal Solidário”, no dia 28 de novembro. O evento arrecadou cerca de 300 litros de leite que foram distribuídos em 17 instituições participantes do Dia de Doar. Já no Hospital do Câncer de Uberlândia, em Minas Gerais, o grupo Luta Pela Vida, conseguiu arrecadar mais de R$ 24 mil, que será utilizado em prol dos mais de 8.200 pacientes oncológicos da instituição.

O Dia de Doar também fortaleceu o jornalismo brasileiro, em uma grande coalizão. A Associação de Jornalismo Digital (Ajor) reuniu 28 organizações jornalísticas para reforçar o movimento de doar para organizações que produzem conteúdo de qualidade e que informam todos os dias a população.

Campanhas comunitárias aumentaram em 160% em 2021

Este ano, o Dia de Doar teve um aumento em 160% nas campanhas comunitárias ativas pelo país, e algumas cidades participaram pela primeira vez, como Várzea Paulista, Pelotas e Currais Novos. Para incentivar a realização das campanhas comunitárias, o movimento lançou um edital com um incentivo de R$ 400, para a criação de 20 campanhas comunitárias e coalizões e contou com grande adesão, com mais de 150 inscrições, sendo 14 apoiadas.

O #DoaVárzea é uma das campanhas comunitárias que recebeu o incentivo do edital do Dia de Doar para impulsionar a campanha local. “Fizemos um panfletaço que contou até com a ajuda e divulgação do prefeito da cidade, ou seja, superou todas as expectativas e deu lindos frutos e parcerias incríveis. Doar é realmente um ato de amor e muda mundos, como o próprio slogan da campanha diz, e eu acredito muito nisso”, afirma Aparecida Magali de Almeida Sousa, líder do #DoaVárzea. A ação também contou com a participação de cinco instituições da cidade: Ajude, Cursinho para Todos, Fundo Social de Solidariedade, Sítio Agar e SOS Cristão.

Participando também pela primeira vez, o #DoaPelotas, realizado no Rio Grande do Sul, promoveu um passeio ciclístico para entregar panfletos e destacar o Dia de Doar para a população. No dia 30, a campanha comunitária reuniu 25 instituições de vários segmentos, que necessitam de doações para suas ações durante o ano, com a intenção de apresentar à população as organizações da cidade.

Com o sucesso da campanha, a prefeita de Pelotas (RS), Paula Mascarenhas, assinou a Lei 7.008/2021, que instituiu o Dia de Doar no calendário oficial da cidade, com o objetivo de mobilizar a população e promover a cultura da doação para fins filantrópicos. “Com o Dia de Doar, mostramos que a união faz a força e que precisamos da ajuda de todos para podermos ajudar outras pessoas. Creio que esta união foi o ponto forte”, comenta Luana Braga, presidente da Associação de Pais de Down de Pelotas – APADPEL e organizadora do #DoaPelotas.

Já o #DiadoDarCurraisNovos, no Rio Grande do Norte, as ações planejadas na cidade foram doações de fraldas geriátricas, cestas básicas, brinquedos e recursos financeiros. “Superou as expectativas, pois esperávamos conseguir parte das nossas metas e conseguimos atingir a meta de 200 pacotes de fraldas geriátricas para o Lions, as cestas básicas para cada família da comunidade Negros do Riacho e brinquedos para o Natal.  Além disto conseguimos biscoitos e outras guloseimas, que irão incrementar o Natal da Comunidade Negros do Riacho, e lençóis para doação aos mais velhos da comunidade”, pontua Adaildo Benedito dos Santos, Mobilizador e Tesoureiro ONG AGENTES DA PAZ e líder do #DiadoDoarCurraisNovos.

Outras campanhas comunitárias e coalizões realizadas foram:  #DiadeDoarRN #DoaBahia, #DoaPirassununga (SP), #DoaPiracaia (SP), #DoaItamaraju (BA), #DoaJabotical (SP), #DoaMG, #DoaRioVerde (GO), #DoaSorocaba (SP), #DoaMauá (SP), #DoaSergipe, #DoaTaboão (SP) #DoaAraçatuba (SP), #DoaItabira (MG), #DoaBlumenau (SC), #IndaialSolidária (SP), #DoaPilarzinho (PR), #DoaFloripa #DoaLeopoldina (bairros de SP), #DoaSãoJosé (SP), #DoaCampinas (SP), #DoaPelotas (RS) e #DoaPoçosdeCaldas (MG).

Iniciativa privada também fez parte do movimento

O Dia de Doar também levou a solidariedade para dentro das empresas. O aplicativo iFood uniu a generosidade dos brasileiros com a conexão da tecnologia e ajudou organizações que mais necessitam de ajuda. Os usuários puderam doar qualquer quantia, no momento de finalizar o pedido pelo aplicativo, para as ONGs parceiras da empresa, como a Ação da Cidadania, Gastromotiva, Orgânica Solidário, Gerando Falcões, CUFA, SOS Mata Atlântica e Todos pela Educação. Já a Casa Bauducco, junto com o Instituto Fazendo História, arrecadou dinheiro com a venda de fatias de panettone e chocottone nas lojas da Casa Bauducco, destinado ao projeto “Famílias Acolheadoras”.

Participando há três anos do Dia de Doar, a Smiles, programa de fidelidade da Gol, também não ficou de fora do movimento e promoveu o “Milhas do Bem”. A cada milha doada pelos clientes, a Smiles doou para as instituições uma quantia em dinheiro para a manutenção de projetos parceiros. Atualmente, a plataforma trabalha com diversos projetos, como o Centro Social Cardeal Dom Serafim, Rede Cruzada, Instituto Reação, Instituto Proa, Já Brasil e Parceiros Voluntários, que promovem ações de impacto social voltadas, principalmente, para crianças e adolescentes.

Outras empresas que também aderiram ao Dia de Doar foram Privalia, Quitanda, Burger King Brasil, Petz, NK Store, Pão de Açúcar e Minuto, MDC Energia, Shoulder, Track&Field, Carello, Tricard, entre outros.

Como surgiu o Dia de Doar

O Dia de Doar faz parte de um movimento mundial chamado #GivingTuesday (terça-feira de doação). A iniciativa aconteceu pela primeira vez nos Estados Unidos, em 2012, e é realizada sempre na terça-feira após o Dia de Ação de Graças (Thanksgiving), uma resposta solidária à Black Friday e à Cyber Monday.

No Brasil, a primeira edição foi em 2013 e, no ano seguinte, o país entrou oficialmente no movimento global. Liderado pela ABCR, o Dia de Doar faz parte da rede do Movimento por uma Cultura de Doação. Neste ano, contou com parceria de comunicação do Instituto Mol e patrocínio do Movimento Bem Maior, Fundação José Luis Egydio Setúbal e o Morro do Conselho.

O Dia de Doar é uma iniciativa que visa estimular a doação de pessoas físicas, empresas e organizações e tem um papel fundamental ao mostrar que todos podem participar, fortalecendo o hábito de doar como parte do cotidiano das pessoas. Já as organizações sem fins lucrativos podem realizar ações para receber doações, virtuais ou presenciais. Mais informações, acesse www.diadedoar.org.br ou pelas redes sociais @diadedoar.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui