PCP: como fazer seu negócio começar 2022 sem sustos e com previsibilidade

Afinal de contas, o que resume o PCP? Um conjunto de intenções do que deveria acontecer em algum empreendimento, devidamente controlado através de ações monitorando o andamento e eventuais mudanças preventivas ou corretivas. Esta é a base do Planejamento e Controle da Produção (PCP), uma prática que, quando bem aplicada, melhora qualquer unidade fabril.

Criar PCP requer conhecer profundamente as atividades da empresa, analisando todas as suas particularidades, como lembra Renato Pádua, Gerente Comercial da CWBem“A ideia é facilitar a integração entre os setores produtivos e de vendas, buscando um verdadeiro equilíbrio nos processos internos e externos – neste caso, o próprio mercado. O projeto precisa ser feito com profissionais qualificados e neutros, de fora da corporação. É a melhor forma de conseguir resultados positivos, sem os vícios e costumes internos que podem prejudicar o PCP”.

Mudar para melhor
Renato destaca que o PCP ajusta a quantidade adequada do que será produzida para desafogar o setor de armazenamento e logística, adequa a escolha de matéria-prima, organiza prazos de execução dentro das condições da fábrica e mostra qual é a real necessidade de mão-de-obra para cada atividade:

“Para alcançar estas vitórias ao longo de 2022 a empresa tem que saber qual é a previsão de vendas, quando acontecem as vendas sazonais, a capacidade de estoque de produtos acabados, controle rigoroso de matérias-primas e insumos, o ritmo de produção e se a estrutura está preparada para tais mudanças. Sem essas informações, o controle será prejudicado e sem sucesso.” explica Renato.

Planejamento inclui pensar no imprevisto
É importante pensar em planos alternativos para situações que escapam do controle, como mudança no comportamento dos consumidores, fornecedores que não conseguem cumprir prazos de entrega ou mesmo de algum serviço externo, um maquinário que pode estragar sem manutenção e até mesmo falha humana:

“O controle precisa ter soluções nestes casos de desvios de produção. Como lidar com imprevistos? Há uma verba reservada para possíveis manutenções? Qual ação corretiva deve ser tomada quando há falta de energia? O PCP contempla estes possíveis problemas, o que já justifica como imprescindível para fazer do ano de 2022 muito mais seguro e produtivo” completa Renato.

 

 

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui