Pioneira no mundo, tecnologia que previne tráfico e troca de bebês recebe Prêmio Fortis Paraná 2021

A empresa paranaense Natosafe recebe destaque em premiação dedicada a ações de prevenção à violência e aos crimes contra crianças e adolescentes

Pioneira no mundo, tecnologia que previne tráfico e troca de bebês recebe Prêmio Fortis Paraná 2021
Ismael e Thais Akyiama, CEOs da Natosafe, receberam o prêmio na Assembleia Legislativa do Paraná. Foto: Divulgação

Responsável por desenvolver uma tecnologia inédita no mundo, capaz de fazer a identificação biométrica de recém-nascidos ainda na sala de parto, a Natosafe recebeu o Prêmio Fortis Paraná 2021 na categoria entidade privada. A ação reconhece iniciativas comprometidas com a prevenção à violência e aos crimes contra crianças e adolescentes. “Esse prêmio mobiliza, sensibiliza e incentiva projetos que lutam em defesa dos direitos das crianças e adolescentes, e esse é o propósito da Natosafe. Temos uma grande responsabilidade social e uma missão muito clara: proteger as crianças e suas famílias. A partir de identificação biométrica, garantimos o vínculo entre mães e filhos recém-nascidos, evitando riscos como a troca de bebês em maternidades, o tráfico de crianças e a adoção ilegal”, ressalta o CEO Ismael Akyiama.

Pioneira no mundo, tecnologia que previne tráfico e troca de bebês recebe Prêmio Fortis Paraná 2021
A plataforma INFANT.ID da Natosafe faz captura, análise e exportação de impressões digitais em alta definição desde o minuto zero de vida de uma criança. Foto: Divulgação

A plataforma INFANT.ID da Natosafe faz captura, análise e exportação de impressões digitais em alta definição desde o minuto zero de vida de uma criança. A solução é capaz de gerar um vínculo único entre recém-nascidos e mães e as informações coletadas são enviadas para as autoridades públicas. O scanner utilizado pela plataforma é certificado pelo FBI (Federal Bureau of Investigation), a maior agência policial do mundo. “A coleta da digital ainda na sala de parto também permite que o estado possa desenvolver políticas públicas para a educação e saúde de forma muito mais efetiva, com informações precisas sobre o número de nascidos em sua região. Receber esse prêmio confirma a relevância do nosso trabalho e o nosso papel na sociedade”, completa Akyama.

A cerimônia de entrega do prêmio foi realizada no último dia 7 de dezembro, na Assembleia Legislativa do Paraná. O deputado estadual Cobra Repórter (PSD-PR), presidente da Comissão de Defesa dos Direitos da Criança, do Adolescente, do Idoso e da Pessoa com Deficiência (Criai) da Assembleia Legislativa do Paraná, destacou que o prêmio homenageia projetos inspiradores que transformam a vida de comunidades. “É fundamental reconhecer e incentivar as iniciativas, projetos e ações das diversas instituições públicas e privadas, bem como pessoas físicas e organizações da sociedade civil, na prevenção e combate de crimes e de violência contra nossas crianças e adolescentes. Garantir a segurança de crianças e adolescentes é dever da família, da comunidade, da sociedade e do poder público. Essa união de forças é capaz de proporcionar uma vida digna e segura, contribuindo para um futuro melhor.”

Pioneira no mundo, tecnologia que previne tráfico e troca de bebês recebe Prêmio Fortis Paraná 2021
A plataforma INFANT.ID da Natosafe faz captura, análise e exportação de impressões digitais em alta definição desde o minuto zero de vida de uma criança. Foto: Divulgação

O Prêmio Fortis Paraná 2021 é promovido pela Força-tarefa Infância Segura do Paraná, do qual a Secretaria de Estado da Educação (Seed-PR) é signatária, e coordenado pelo Departamento de Justiça da Secretaria de Estado da Justiça, Família e Trabalho (DEJU/SEJUF), com apoio da Comissão de Defesa dos Direitos das Crianças, Adolescentes e Idosos (CRIAI) da Assembleia Legislativa do Paraná (ALEP-PR).

Participaram também da cerimônia de premiação: secretário estadual de Justiça, Família e Trabalho, Ney Leprevost, diretor-geral da secretaria estadual de Educação, Vinicius Mendonça Neiva, Chefe Departamento de Justiça/SEJUF, Silvio Jardim, representante do Departamento de Justiça/SEJUF, Ten. Cel Suildo Biscaia, representante do Departamento Socioeducativo/SEJUF, Solimar de Gouveia, Departamento da Criança e do Adolescente/SEJUF, Angela Mendonça, representante da Defensoria Pública, Fernando Redede, representante da OAB-PR, Silvia Carneiro Leão, e representantes da Comissão Julgadora do Prêmio Fortis.

Problema mundial

Calcula-se que uma em cada quatro crianças no mundo não exista oficialmente, por causa do subregistro. Elas são privadas do marco inicial da cidadania e sofrem os piores efeitos dessa condição. Treze milhões de crianças deixam de ser vacinadas por ano no planeta e 6 milhões morrem por doenças que poderiam ser combatidas.

No Brasil, cerca de 500 crianças são trocadas a cada ano em maternidades, mas esse número pode ser ainda maior por causa da subnotificação. Anualmente, também, são registrados 50 mil casos de desaparecimentos de crianças e adolescentes. Sem dados oficiais, estima-se ainda que quase 250 mil estejam desaparecidas no país. A última estatística é de 1999, quando o Ministério da Justiça e o Movimento Nacional de Direitos Humanos se juntaram para fazer um levantamento.

A dificuldade para obter números confiáveis decorre de não existir um cadastro nacional, assim como não há comunicação entre as secretarias de segurança pública de cada estado para que os dados sejam padronizados e atualizados. Além disso, essas estatísticas poderiam ser evitadas com a identificação biométrica já na maternidade, que é justamente o que a tecnologia Natosafe oferece.

Sobre a Natosafe

A Natosafe é uma empresa brasileira criada com o propósito de contribuir para um mundo mais seguro. É pioneira no segmento “infant id solution”, ou solução de identificação infantil. A companhia se dedica ao desenvolvimento de tecnologias de identificação biométrica para crianças de 0 a 5 anos. A plataforma Infant.ID é a primeira no mundo capaz de coletar impressões digitais com alta qualidade desde as primeiras horas de vida de um bebê.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui