Crea-PR renova conselheiros em cerimônia realizada nesta quarta (19)

Quarenta e seis profissionais tomam posse como conselheiros que representam Entidades de Classe e Instituições de Ensino em todo o Estado

Crea-PR renova conselheiros em cerimônia realizada nesta quarta (19)

Foram empossados nesta quarta-feira (19), na cerimônia de renovação do terço, os novos conselheiros que vão compor o Plenário e Câmaras Especializadas do Conselho Regional de Engenharia e Agronomia do Paraná (Crea-PR). A renovação do terço é um mecanismo que permite renovar as lideranças e manter os debates sempre ricos, com opiniões distintas.

Com a renovação do terço assumem 46 novos conselheiros, sendo 18 representantes de Instituições de Ensino e 28 de Entidades de Classe.Conforme explica o coordenador-adjunto da Comissão de Renovação do Terço de 2021, engenheiro mecânico Ricardo Vidinich, a cerimônia acontece anualmente e renova e moderniza o Conselho. O mandato de conselheiro do Crea-PR é de três anos, podendo ser renovado uma vez pelo mesmo período. Após findar o prazo, a vaga deve ser cedida obrigatoriamente a outro profissional.

“É uma iniciativa saudável para manter o Crea-PR atuante e ainda mais próximo dos profissionais”, considera o engenheiro Ricardo.  O quadro de conselheiros é composto por 143 profissionais, sendo que a novidade, neste ano, foi a criação de três novas vagas indicadas pelas Entidades de Classe, passando de 99 para 102. Já as Instituições de Ensino contam com 41 conselheiros atuando no Crea-PR.

O cargo de conselheiro é considerado honorífico, por isso não há remuneração. Ao final do mandato de três anos, os conselheiros recebem uma titulação que comprova a atuação. “Nos últimos dois anos, com a pandemia da Covid-19, as reuniões foram executadas à distância. Estamos retomando gradativamente os encontros presenciais, mas quem não puder comparecer por motivo de força maior pode participar de forma virtual, pois as reuniões são híbridas”, comenta o engenheiro.

A composição do Conselho do Crea-PR é baseada no número de profissionais registrados e que estão em dia com suas obrigações. Foram utilizados como base os números de 31 de dezembro de 2020, ocasião em que estavam registrados 42.733 profissionais. Deste total, 42,4% dos conselheiros são profissionais da modalidade da Engenharia Civil, 22,9% da modalidade da Agronomia, 15,1% da Engenharia Elétrica, 11,9% da Engenharia Mecânica, 3,5% da Engenharia Química, 1,7% da modalidade de Segurança do Trabalho, 1,2% da Agrimensura e 1,1% de Geologia.

O engenheiro agrônomo e de segurança do trabalho, Verginio Stangherling, está assumindo o cargo de conselheiro pela primeira vez. Indicado pela Associação Paranaense de Engenheiros de Segurança, Stangherling foi dirigente estadual do Crea-JR, quando universitário – entre 2007 e 2009 – e acredita no trabalho do conselho para a melhora contínua na atuação de engenheiros, geocientistas e agrônomos. “No período em que estive à frente do Crea-JR aprendi sobre todo o funcionamento do Crea-PR e foi importante para entender como funciona um conselho profissional. Agora, poder atuar para valorizar nossas profissões como um todo é uma missão que me orgulha, e que honro muito”, avaliou o conselheiro da regional Curitiba, empossado nesta quarta (19).

A cerimônia de posse foi realizada na sede do Instituto de Engenharia do Paraná (IEP), em Curitiba.

Denise Morini

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui