Com 8 mil análises desde 2019, Tecpar vira referência em avaliação da sinalização viária

Soluções tecnológicas desenvolvidas pelo Instituto auxiliam órgãos públicos a diminuir gastos e melhorar a qualidade e eficiência de materiais adquiridos por meio de licitação.

Com 8 mil análises desde 2019, Tecpar vira referência em avaliação da sinalização viária
QLALIDADE FAIXAS E PLACAS

Nos últimos três anos, de 2019 a 2021, os laboratórios do Instituto de Tecnologia do Paraná (Tecpar) realizaram 8.084 análises em amostras de tintas e materiais destinados à sinalização viária de vias urbanas e de aeroportos. O Tecpar é referência em avaliações de materiais para sinalização viária e de desempenho da sinalização implantada, sendo único na região Sul e um dos mais reconhecidos no Brasil.

As soluções tecnológicas desenvolvidas pelo Centro de Tecnologia de Materiais do Tecpar auxiliam órgãos públicos a reduzir gastos e melhorar a qualidade e eficiência de materiais adquiridos por meio de licitação. As análises verificam a conformidade destes produtos com as normas e padrões vigentes, a fim de garantir maior durabilidade e desempenho do produto, desde a sua aplicação até a resistência ao tempo e intempéries.

O serviço também é buscado por empresas privadas que querem atestar a qualidade de seus produtos para seus clientes e por organizações que participam de licitações que buscam fornecedores de materiais para sinalização viária.

Segundo o diretor-presidente do Tecpar, Jorge Callado, para oferecer esse serviço de alto nível técnico, nos últimos anos o órgão modernizou sua estrutura, que conta com equipamentos de alta precisão e profissionais especializados em ensaios tecnológicos.

“Como laboratório público a serviço da sociedade, o Tecpar busca cooperar com o setor público e o privado para assegurar a entrega de produtos e serviços de qualidade à população”, afirma Callado. “Ao avaliar os produtos aplicados para sinalização viária, o Tecpar assegura a qualidade do material que será utilizado na sinalização de trânsito, contribuindo para a segurança de motoristas e pedestres”, diz.

QUALIDADE ASSEGURADA – A avaliação prévia dos insumos pode evitar que as prefeituras desperdicem recursos com a aquisição de materiais com imperfeições e sem conformidade técnica, que podem se desgastar mais rápido e colocar em risco a segurança de motoristas e pedestres.

Com esta preocupação, a Diretoria de Trânsito (Diretran) de Cianorte buscou o Tecpar e solicitou a realização de ensaios que comprovassem a qualidade das tintas que seriam utilizadas pelo município. “Já nos primeiros ensaios pudemos observar deficiências nas tintas entregues, em diversos aspectos. Diante da não conformidade dos produtos, exigimos que novos materiais fossem entregues, substituindo os defeituosos”, conta o engenheiro de trânsito e diretor do Diretran, Carlos Eduardo de Oliveira.

Para os novos materiais recebidos, os mesmos ensaios foram solicitados, repetindo o processo até a entrega de um material que atendesse às normas vigentes. Segundo Oliveira, a avaliação é necessária porque caso as tintas entregues não atendam os padrões mínimos de qualidade, a sinalização executada com este material pode apresentar diversos tipos de patologias, como desagregação e descascamento, comprometendo significativamente a vida útil da sinalização.

“Diante da grande quantidade de materiais inadequados, o município passou a exigir, já nas primeiras etapas da licitação, a apresentação do laudo expedido pela Tecpar. Essa medida foi importante porque afastou da participação do certame empresas não qualificadas para a produção do insumo”, conta Oliveira.

Para o diretor da Diretran, o serviço prestado pelo Tecpar é fundamental para a qualidade dos materiais e serviços fornecidos aos órgãos públicos, uma vez que garante que padrões mínimos sejam seguidos. “Prova disso é que constatamos que as repinturas, ou seja, as manutenções realizadas nas sinalizações viárias puderam ser realizadas de forma mais espaçada, gerando um gasto menor com a aquisição dos produtos”, afirma.

CONES E CILINDROS – Outros materiais avaliados pelo CTM são os cones e cilindros utilizados para organização do tráfego em vias urbanas e rodovias. A maioria das análises é solicitada por órgãos responsáveis pela gestão pública da segurança no trânsito – antes e após a aquisição dos produtos. No Paraná, o Tecpar realiza avalições para o Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER) e Polícia Militar do Paraná (PM-PR).

EDITAIS – Por meio de consultoria técnica e assessoria o Tecpar também apoia prefeituras e órgãos públicos na elaboração de seus editais de licitação.

“É um serviço que orienta gestores e servidores públicos sobre como definir critérios mínimos de qualidade para a aquisição de produtos utilizados, por exemplo, em obras de saneamento ou na sinalização de trânsito. O objetivo é contribuir para a eficiência nas compras públicas e garantir a aplicação adequada dos recursos”, explica Fábio da Silva Schvenger, engenheiro ambiental e sanitarista e técnico em Desenvolvimento Tecnológico no Tecpar.

Os técnicos do instituto auxiliam todo o processo de compra, desde a elaboração do Termo de Referência, com a descrição técnica do produto, até a análise de conformidade dos materiais entregues ao contratante após a compra para assegurar o atendimento à legislação e demais normas.

QUALIFICADO – Centro de Tecnologia de Materiais do Tecpar possui acreditação em ensaios específicos junto à Coordenação Geral de Acreditação do Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e é filiado à Associação Brasileira das Instituições de Pesquisa Tecnológica e Inovação (Abipti).

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui