Esportes náuticos movimentam o fim de semana na Baía de Guaratuba com o Festival das Águas

150 atletas participaram do evento que tem o objetivo de divulgar e incentivar os esportes náuticos. As competições incluíram modalidades de canoagem, iatismo e prancha à vela

Esportes náuticos
Esportes náuticos movimentam o fim de semana na baía de Guaratuba com o Festival das Águas .
Foto: SESP

A cidade de Guaratuba recebeu neste final de semana, de 11 a 13 de fevereiro, cerca de 150 atletas de esportes náuticos para o Festival das Águas 2022, que aconteceu no Píer público da baía, na Praça dos Namorados. O evento, com três dias de duração, tem por objetivo dar maior divulgação aos esportes aquáticos por meio do incentivo e a inserção de novos atletas neste cenário, com a participação também de centenas de crianças. O Festival das Águas é realizado pela Superintendência Geral do Esporte, através dos Jogos de Aventura e Natureza, incluído no Verão Paraná – Viva a Vida (2021/2022).

De acordo com o Superintendente Geral do Esporte do Paraná, Helio Renato Wirbiski, o Festival das Águas em Guaratuba tem importância lúdica para as crianças que estão participando das competições. “Não queremos ensinar a essas crianças somente o esporte, mas a preservar a natureza, sendo este um dos principais objetivos. Esse evento tem um fator educativo muito importante nesta área ambiental”, explica.

Wirbiski também aponta a possibilidade de ampliar o quadro de competições náuticas no estado do Paraná, com o intuito de valorizar e fomentar ainda mais esta modalidade. “Queremos levar às represas da Região Metropolitana de Curitiba e também para a capital. Então já temos o compromisso com todos esses esportes e devemos começar em Piraquara, com a escola de Vela e Náutica, por exemplo”.

MODALIDADES – Neste ano, o Festival das Águas proporcionou competições das modalidades de canoagem – Seaside Cross, Maratona e Caiaque Polo; Iatismo, Optimist, Dingue e Laser, Snipe, Lightning e Prancha à Vela. Neste domingo foi realizada a competição de Stand up Paddle e passeios de canoa Havana. Participam cerca de 140 atletas, sendo 100 da canoagem e 40 do Iatismo, entre 10 e 24 anos de idade, de cidades como Siqueira Campos e Tomazina, da região do Norte Pioneiro; Foz do Iguaçu, do Oeste do Paraná; Antonina e Guaratuba, Litoral; Tibagi, dos Campos Gerais; entre outras.

Para o presidente da equipe da Atoca de Tomazina, Luciano Ribeiro de Souza, competições desta magnitude são essenciais para os novos atletas e também para os mais experientes, pois além de trabalhar o psicológico, a experiência é essencial para os mais jovens.

“Costumo dizer que a canoagem é um esporte atípico, pois as outras modalidades são praticadas por lazer e na minha visão a canoagem tem um jeito especial que vai além disso. Por isso, trabalhamos com os atletas a possibilidade de serem níveis de seleção brasileira e competir nacional e internacionalmente. Os atletas precisam de eventos como esse, para dar rodagem e bagagem nos próximos eventos,” avalia.

A integração entre município e estado também foi um dos canais para que o Festival das Águas em Guaratuba fosse realizado. Devido a isso, o diretor de esporte de Guaratuba, Valdir Nunes, destaca o diálogo entre o governo estadual e municipal para conseguir trazer este evento para a cidade.

“É um marco para Guaratuba, pois estimula a criação de projetos e valoriza ainda mais a nossa baía, que tem uma estrutura muito boa para esportes náuticos e onde podemos oferecer à nossa comunidade e também ao turista vários eventos desta natureza”, diz. “Além disso, o investimento no desporto de base é fundamental para que o esporte não cresça só em Guaratuba, mas sim em todo o estado do Paraná”, conclui o diretor de esporte de Guaratuba.

Fonte: AEN

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui