Maior sucesso de palhaços curitibanos está de volta

Concerto em Ri Maior – Credito – Foto: Nilton Russo

Com uma trajetória de sucesso que já passou por 90 cidades pelo Brasil e Portugal, o espetáculo “Concerto em Ri Maior”, da Companhia dos Palhaços, volta a ter temporada em Curitiba. As apresentações acontecem de 11 a 20 de fevereiro, no Teatro Guairinha, sempre nas sextas, sábados e domingos. Os ingressos podem ser comprados antecipadamente pelo link www.ticketfacil.com.br/eventos/cctg-concerto-em-ri-maior.aspx ou, na bilheteria do teatro.

Diversão garantida para todas as idades, “Concerto em Ri Maior” é uma comédia musical que une dança, improvisação e palhaçaria. Na história, um maestro e palhaço que não fala o idioma português, Wilson Chevchenco, apresenta um concerto baseado em sua origem russa. Para isso, conta com a ajuda de seu fiel amigo, o palhaço Sarrafo, que atua como tradutor para a plateia. A partir daí, muita interação com o público e humor entram em cena, numa sequência de divertidas confusões.

Concerto em Ri Maior – Foto: Nilton Russo

A primeira encenação deste espetáculo foi em 2005. De lá para cá, percorreu o país de norte a sul, participando de festivais de teatro, circo e música. Passou também por Portugal, em 2012, com apresentações em Lisboa, Porto, Portalegre e Sintra. “Um dos segredos deste trabalho é o envolvimento da plateia e a forma como os palhaços apresentam a música misturada à comédia, resultando numa catarse musical cômica”, explica o palhaço e músico Eliezer Vander Brock, que interpreta Wilson Chevchenko na montagem.

“Trazer uma figura excêntrica como um palhaço russo mal humorado (Schevchenko), destoando de seu tradutor contente e cheio de energia (Sarrafo), enriquece a relação dos dois em cena e amarra as histórias de cada obra musical. O resultado encanta o público e captura a atenção até o final”, completa.

O público, aliás, é parte fundamental da trama, pois é convocado pelo palhaço Sarrafo para fazer o papel de coral no concerto atrapalhado. Sarrafo é vivido por Felipe Ternes, que também assina a direção artística da montagem. Cabe a ele ainda os números de malabarismo e dança. A direção musical é de Vander Brock, e ele também mostra seu talento múltiplo tocando vários instrumentos no espetáculo, como piano, violão, acordeom, gaita e harmônica.

Concerto em Ri Maior – Foto: Nilton Russo

O Centro Cultural Teatro Guaíra está seguindo todos os protocolos de combate a COVID-19. Só será permitida a entrada de pessoas com máscara de proteção, devendo esta ser utilizada durante toda a sua permanência. Respeitando os decretos municipais, o teatro também está operando com público reduzido.

Serviço: Concerto em Ri Maior

Horário: Sextas, sábados e domingos, entre os dias 11 e 20 de fevereiro de 2022. Sextas e sábados, às 21h. Domingos às 19h.
Local: Teatro Guairinha (R. XV de Novembro, 971)
Ingressos: R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia)
Duração: 70 minutos. Classificação: livre.
Venda antecipada de ingressos no link: www.ticketfacil.com.br/eventos/cctg-concerto-em-ri-maior.aspx

Ficha técnica:
Direção Musical: Eliezer Vander Brock
Elenco: Eliezer Vander Brock e Felipe Ternes de Oliveira
Sonoplastia: Eliezer Vander Brock
Iluminação: Anry Aider
Técnico de Som: Henrique Rocha
Realização e Produção: Cia dos Palhaços
Direção Artística: Felipe Ternes

Companhia dos Palhaços nas redes sociais:

Site: www.ciadospalhacos.com.br
Instagram: www.instagram.com/ciadospalhacos/
Facebook: www.facebook.com/a.ciadospalhacos/
YouTube: www.youtube.com/user/CiadosPalhacos
E-mail: contato@ciadospalhacos.com.br

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui