Os desafios para um ano novo de fato

Ademir Bueno (*)

 

A cada início de ciclo, ano novo, idade nova, início da graduação, casamento, separação, deveríamos refletir ou ao menos pensar o que essa nova fase poderá nos proporcionar. Mas para você sair da zona de conforto, deve se lançar a desafios.

 

O objetivo deste artigo é proporcionar uma reflexão acerca de nossos objetivos e a necessidade de se colocar de forma direta, agindo para transformar o que queremos, em metas e objetivos para se alcançar o resultado esperado.

 

Desafiar-se é provocar a si mesmo e definir objetivamente um ponto à frente para se chegar, seja para ter mais saúde, mais conhecimento, seja ter um relacionamento, mais sucesso profissional e, por que não, mais dinheiro. Essas são possibilidades, são áreas em que podemos nos lançar para avançar em nossa existência. Em quais desses pontos você precisa se desafiar mais este ano?

 

Quem não se provoca, não se encara de frente. Quem não pensa em ser e ter mais está seguindo os caminhos já desenhados e, mais que isso, esperados. É necessário inquietar-se, pois, caso contrário, permaneceremos inertes, isto é, sem movimento. Vemos em nosso dia a dia inúmeros “zumbis vivos”, ou seja, seres que estão aí, mas que não sabem a que vieram e para onde estão indo.

 

Comece fazendo um exercício de autoconhecimento. O processo de reflexão sobre si mesmo deve ser contínuo, mas sempre no início do ano parece que uma luz amarela se acende em relação aos pontos que precisamos refletir. Podemos ignorar esse sinal ou, parar, pensar e, é claro, depois agir. Se achar que não conseguirá fazer esse processo sozinho, procure ajuda de um psicólogo ou mesmo um coach. Buscar ajuda é um ato de grandeza e força.

 

Em seu processo de reflexão, comece elencando suas qualidades e destaque-as numa lista, tabela, quadro ou até mesmo em post it. A ideia é que você possa olhar para esses pontos e utilizá-los como motivadores para novas ações. Seja ousado! Reflita de que forma cada um de seus pontos fortes poderá ser utilizado para alcançar seus desafios. Sua comunicação irá ampliar sua rede de contatos? Sua habilidade em Excel será seu diferencial para alcançar nova posição dentro da companhia ou no mercado?

 

Destacou as qualidades? Então deve concentrar-se e enumerar seus pontos deficitários, suas fraquezas, suas limitações. De novo, repita o mesmo processo da lista, tabela ou quadro. Pense nos feedbacks recebidos e em quais aspectos que você tinha a melhorar. Seja bondoso com você. Não exagere. Mas liste e desafie-se a mudar alguns deles. Isso transformará você.

 

Reconhecidas suas qualidades e defeitos, é hora de apresentar os desafios para o novo ano. Liste e apresente uma justificativa, porque você quer e merece vencer aquele desafio. Depois de listados, faça um plano de ação para chegar aonde projetou. Já usou a Planilha 5W2H? É uma ferramenta para organizar o seu plano e determinar o que será feito para alcançar as ações, por qual razão, por quem, como, quando e onde será feito, além de estimar quanto isso custará. É muito simples e efetiva.

 

O ideal é que essa planilha seja impressa e afixada em lugar de fácil visualização, assim pode acompanhar cada etapa e ir ajustando as ações.  Você fez uma parte importante, e agora é partir para as ações, gastar energia para superar limitações e fazer a diferença, mesmo em meio ao caos.

 

Será fácil desafiar-se e chegar lá? Claro que não. O caminho é sinuoso, estreito, limitado e poucos passarão por ele. Você chegará lá se fizer mais que os outros, se utilizar sua capacidade de resiliência, mas terá sucesso em seus projetos se resistir, insistir, persistir e se dedicar mais.

 

As vitórias aparecerão. É só acreditar sempre e agir na mesma proporção. Não desista. Encontre-se e acredite que o pódio é seu, está reservado para você. Creia e aja! O resultado positivo virá, com certeza.

 

Tenha gratidão pela vida, pelo que é e pelo que já alcançou. Reconheça e agradeça, mas não deixe de agir. Suas ações levarão você a fazer do ano de 2022 um ano espetacular. É isso que você merece, é isso que você terá.

 

(*) Ademir Bueno é psicólogo, mestre em Sociologia e professor adjunto do curso de Administração do Grupo Educacional Uninter.

 

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui