Saúde bucal na terceira idade

Ortodontista alerta para cuidados após os 60 anos

 

Segundo dados do Ministério da Saúde, em 2030, o Brasil terá a 5ª população mais idosa do mundo. Tudo isso porque, atualmente, as pessoas envelhecem com mais qualidade de vida, por conta do acesso à medicina avançada e a adoção de hábitos mais saudáveis.

 

“Vejo em meu consultório, cada vez mais, pessoas com mais de 50 anos, buscando colocar aparelhos ortodônticos e melhorar a estética bucal. Como as pessoas estão vivendo mais, e melhor, elas querem elevar a autoestima e, também, a saúde da boca”, explica a ortodontista, Viviane Vivaldi.

 

A especialista diz que é possível corrigir os dentes com o avanço da idade, sim. Com o avanço da tecnologia, o aparelho ortodôntico se tornou mais estético e mais confortável e muito mais previsível. “Meus pacientes mais velhos são mais comprometidos com o tratamento e disciplinados. Os tratamentos com aparelhos podem levar de 10 a 18 meses”, diz.

 

Viviane alerta para os cuidados imprescindíveis com a saúde bucal na terceira idade.

 

1-    Hidratação. É preciso beber muita água, pois, é natural a saliva diminuir com a idade;

2-    Cuidado com a sensibilidade nos dentes. Ela aumenta com o passar dos anos, então, é importante visitar o dentista e tratar, seja com cremes dentais ou algum tratamento indicado pelo próprio profissional;

3-    De olho na gengiva. Ela é outra que fica mais sensível e suscetível a doenças com o avançar da idade. Passar fio dental todos os dias, escovar bem os dentes com pasta dental indicada, são alguns dos cuidados básicos importantes para não agravar as dores e sangramentos;

4-    Consulte o dentista de seis em seis meses. É preciso prevenir, antes de remediar. Precisamos mudar a cultura de que idosos precisam usar próteses bucais. Com cuidado durante toda a vida, prevenção e acompanhamento periódico, é possível ter uma saúde bucal saudável, sem necessidade de nenhuma intervenção mais agressiva.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui