Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo promove conteúdo informativo voltado para a população

Uma página exclusiva para o coração feminino, além de esclarecimentos e dicas sobre Cuidados Paliativos, Nutrição, Enfermagem e Psicologia, entre outras áreas, sempre em linguagem acessível e em prol da qualidade de vida

“De acordo com dados apresentados pela pesquisa ´Saúde Cardiovascular da Mulher Brasileira´, feita pela SOCESP, o estresse foi observado como mais presente em mulheres do que em homens. A realização de exercícios físicos com regularidade diminui o estresse e pode aumentar de 20% a 40% a proteção contra doenças cardiovasculares”. Este e outros conteúdos relevantes para falar diretamente ao público feminino estão em uma página exclusiva que a Sociedade de Cardiologia do Estado de São Paulo criou dentro de seu site voltado ao exclusivamente à população. A preocupação se justifica: em 60 anos, a proporção de mortes por doenças cardiovasculares em mulheres aumentou 37%.

A comunicação direta entre a entidade e a comunidade é uma preocupação constante da SOCESP. “O fato de sermos uma sociedade multidisciplinar – com departamentos de Educação Física, Enfermagem, Farmacologia, Fisioterapia, Nutrição, Odontologia, Psicologia e Serviço Social, além do grupo de Cuidados Paliativos – nos dá condições de fornecer informação relevante sobre a ação de cada uma das profissões para a saúde cardiovascular e qualidade de vida”, ressalta o cardiologista Marcelo Franken, diretor de Comunicação da SOCESP.

O grupo de estudos de Cuidados Paliativos, por exemplo, traz materiais esclarecendo sobre a atuação e importância desta área, comumente relacionada à fase terminal de vida, mostrando que são muitos os profissionais envolvidos: médicos, equipe de enfermagem, psicólogo, assistente social, fonoaudiólogo, fisioterapeuta, nutricionista, dentista e capelania. “E cada membro é uma peça fundamental na engrenagem nesse processo de detectar sofrimentos e cuidar”, complementa Franken. “Nosso papel é esclarecer sobre tudo que envolve a especialidade, abrindo o horizonte de quem ainda não está familiarizado com o assunto”, completa a presidente da SOCESP, Ieda Jatene.

Da mesma forma, a equipe do Departamento de Enfermagem disponibiliza material que inclui dados sobre cardiopatias em idosos e qualidade de vida, por exemplo. E não para menos: a incidência de cardiopatias aumenta com a idade, chegando a 50% das pessoas com mais de 75 anos. A diretora científica do Departamento de Enfermagem, Ana Carolina Queiroz Godoy Daniel apresenta um vídeo sobre o tema na página. Já o Departamento de Psicologia desenvolveu posts com reflexões sobre o cenário pós-pandemia: não dá para passar uma borracha e fingir que não mudamos com esta tempestade chamada COVID-19, que vitimou tanta gente e alterou rotinas pessoais e de trabalho.

E o que é um café da manhã saudável? Dúvidas sobre alimentação, o que faz mal e o que faz bem ao coração, são respondidas pelos profissionais que compõem o Departamento de Nutrição. Falando em café da manhã, um recente estudo junto a 200 mil adultos, mostrou que aqueles que pulam esta refeição têm uma tendência à obesidade. Apesar de ser um estudo observacional, vale a pena investir em um desjejum com alimentos saudáveis, seguindo as recomendações de quem entende da matéria.

As dicas são disponibilizadas em formato de mini artigos, podcasts, vídeos, notas de esclarecimento, perguntas e respostas, fato ou fake, entre outros, e está tudo no site https://socesp.org.br/publico/.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui