Bodebrown prepara lançamento de criações premiadas no Concurso Brasileiro da Cerveja

Uma das cervejarias mais premiadas da América do Sul, a Bodebrown conquistou quatro medalhas no 10º Concurso Brasileiro da Cerveja, realizado pelo Festival da Cerveja de Blumenau, conforme resultado divulgado oficialmente na última semana. Para celebrar, a cervejaria prepara o lançamento dos rótulos premiados.

Foram duas medalhas de ouro (Double Perigosa 18% Millésime 2021 e Hair of The Bode/Dog Collab) e duas de prata (O Mundo de Bodebrown e Double Perigosa 18% Millésime 2018). A premiação teve como mestre de cerimônia o chef Erick Jacquin.

Este ano a competição contou com 3.635 cervejas inscritas, representando 537 cervejarias de 21 estados do país – o recorde das dez edições do evento. Os rótulos foram avaliados por 106 especialistas, de 21 países. Com estes números, o evento é um dos mais importantes encontros cervejeiros do país e do mundo.

Para o CEO da Bodebrown, Samuel Cavalcanti, a premiação é motivo de grande orgulho. “Nesta edição de 10 anos do evento, mais uma vez confirmamos a qualidade da nossa produção de cervejas artesanais. Participamos das oito últimas edições e fomos premiados em todas elas. A Bodebrown foi eleita por duas vezes como a Melhor Cervejaria do Brasil, por duas vezes como a segunda melhor e por outras três como a terceira”, relembra Cavalcanti.

Apesar do histórico vencedor, esta edição teve um gostinho especial, conta o cervejeiro. “Ficamos muito felizes especialmente por conta da dupla premiação da Double Perigosa, uma cerveja com 18% de grau alcoólico, que ficou com medalha de ouro na safra 2021 e de prata na 2018”, explica Cavalcanti. “São duas cervejas com alto índice de dificuldade técnica para serem produzidas, desde a receita até a fermentação e finalização, e entram na categoria de produtor para “guarda”, isto é, desde que bem conservadas, podem ser consumidas daqui até 25 anos”.

Segundo o cervejeiro, a produção requer no mínimo quatro meses fermentado e mais quatro maturando, para depois serem engarrafadas, passando mais 12 meses de envelhecimento. “Tudo isso gera um trabalho bem árduo e demorado”, conta. “Além da produção, colocar no mercado uma cerveja com esta graduação também é um desafio. E tivemos sucesso em ambos”.

Cavalcanti lembra ainda que a Double Perigosa Ice 25% recebeu Medalha de Ouro no Mondial de La Bière do Rio de Janeiro, no ano passado. Em breve, a Double Perigosa de 25% e a de 18%, safra 2021, chegam ao mercado, adiantou o cervejeiro. “São cervejas realmente especiais, que unem um processo meticuloso e demorado e muita técnica e cuidados. Por isso o reconhecimento em festivais coroa e valoriza todo este esforço. Por conta disso, o cliente, ao abrir uma garrafa dessas, mergulha numa experiência sensorial realmente única, sem paralelos na América do Sul”.

O CEO da Bodebrown informa que a fábrica está preparando o lançamento comercial das cervejas Double Perigosa ICE- 25% Millésime 2021 e da Double Perigosa 18% Millésime 2021 para o próximo mês de maio.

A Bodebrown também foi premiada como uma colaborativa importante, a Hair of The Bode, criada em parceria com a norte-americana Hair of The Dog, uma Barley Wine que acumula prêmios desde as primeiras produções, em 2015. A outra premiada, mostrando a versatilidade da fábrica curitibana, batizada como O Mundo da Bodebrown, tem influências belgas, com levedura e maltes da escola daquele país. “Ela foi criada para prestigiar a equipe da Bodebrown: produzimos ela uma vez por ano, para presentear os funcionários, e o excedente levamos ao mercado”, conclui Cavalcanti.

Cervejaria Bodebrown

Endereço: Rua Carlos de Laet, 1015 – Hauer, Curitiba – PR
Informações: (41) 3082-6354
Mais em: www.loja.bodebrown.com.br

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui