Instituto Nacional de Cardiologia realiza transplante de pulmão

Procedimento é o segundo no Estado do Rio de Janeiro, após hiato de 15 anos

 Instituto Nacional de Cardiologia realiza transplante de pulmãoRio de Janeiro, 24 de março de 2022 – O Instituto Nacional de Cardiologia (INC) realizou o segundo transplante de pulmão do programa criado pelo Instituto para suprir a carência histórica desse procedimento no sistema de saúde do Estado do Rio de Janeiro.

A bem-sucedida cirurgia de transplante bilateral (os dois pulmões) durou cerca de 14 horas e terminou às 2h da madrugada de hoje (24/4). A paciente, que apresentava um quadro grave de linfangioleiomiomatose (LAM), passa bem.

A cirurgia foi realizada pela equipe de 20 profissionais do programa de transplante de pulmão do INC, liderada pelo Dr. Anderson Fontes. O procedimento foi acompanhado pelo Dr. Marcos Samano, coordenador do Transplante de Pulmão do Hospital Israelita Albert Einstein, de São Paulo, que prestou consultoria na estruturação do programa do INC por meio do Proadi-SUS.

Uma equipe de seis profissionais do INC partiu às 5h30 de ontem para fazer a captação do pulmão num hospital no Estado do Rio de Janeiro. Além do pulmão, a equipe captou um coração, que foi transplantado para outro paciente do INC em cirurgia bem-sucedida também realizada ontem.

Em 3 de agosto de 2021, o INC realizou o primeiro transplante de pulmão no Estado do Rio de Janeiro, após um hiato de 15 anos.

O programa permanente de transplante de pulmão do INC supre uma carência histórica do sistema de saúde fluminense. Pacientes do Rio que necessitam de transplante de pulmão precisavam se mudar para São Paulo ou Porto Alegre, onde já havia programas estruturados. Aqueles que não tinham recursos ou condições para se mudar, muitas vezes, morriam em função de doenças pulmonares.

Sobre o INC

Referência do Ministério da Saúde no tratamento de alta complexidade em doenças cardíacas, o INC atua há mais de 40 anos com destaque em procedimentos hemodinâmicos e cirurgias cardíacas de alta complexidade, incluindo as neonatais.

Trata-se de um dos três institutos do Ministério da Saúde no Rio de Janeiro. Os demais são o Inca e Into.

O INC é atualmente o único hospital público que realiza transplantes cardíacos em adultos e crianças no Estado do Rio de Janeiro e é o segundo centro que mais realiza cirurgias de cardiopatias congênitas no Brasil. Desde 2021, tornou-se o único hospital fluminense a realizar transplantes de pulmão.

Formador de profissionais para a rede de saúde, o INC possui Programas de Residência Médica, Enfermagem e Farmácia de excelência, além de cursos de pós-graduação que abrangem diversas áreas de atuação cardiovascular, como Hemodinâmica, Ecocardiografia e Perfusão em Cirurgia Cardíaca. Conta ainda com mestrado multiprofissional em Ciências Cardiovasculares e Avaliação de Tecnologia em Saúde.

No campo da pesquisa, foi escolhido pelo Ministério da Saúde como coordenador do maior estudo multicêntrico já realizado no país na área de terapias celulares em cardiopatas e desenvolve pesquisas clínicas em diversas áreas de diagnóstico e tratamento em cardiologia.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui