Reaproveitamento de óleo reciclado é seguro apenas na indústria

Mesmo com inúmeras campanhas explicando os riscos de contaminação e os perigos de se utilizar óleo usado para fabricar velas ou sabonetes caseiros, ainda temos casos de pessoas usando este material de maneira irresponsável.

O grande perigo das fórmulas que encontramos no YouTube é a manipulação de produtos químicos utilizados, sem cuidado algum, aquecidos no fogão da cozinha. A quantidade de soda cáustica, sem precisão, aliada com calor  – lembre-se que o óleo vegetal é altamente inflamável – resulta em queimaduras e explosões.

Na maioria destes vídeos, os componentes que envolvem a fabricação do sabão caseiro são misturados sem nenhuma proteção por parte de quem está manuseando os produtos químicos, incluindo álcool. Mesmo que o sabão seja confeccionado sem acidentes, as chances deste produto ser eficiente e seguro para o uso, de maneira que não irrite a pele das mãos ou estrague roupas, é praticamente zero!

Setor industrial é o destino mais seguro
O óleo doméstico usado é muito útil quando é destinado de maneira correta para indústrias preparadas. Dele são obtidos produtos necessários como sabonetes, lubrificantes e combustíveis ecológicos (biodiesel) para veículos. Gorduras e óleos, bem como suas ramificações, oferecem muitas aplicações no setor industrial, além dos benefícios econômicos e ambientais.

Na visão de Vitor Dalcin da Ambiental Santos, indústria de reciclagem de óleo, é que quando esse óleo acaba em mãos amadoras para projetos domésticos, como fabricação de detergente caseiro ou velas.  A falta de segurança no manuseio deste material, que pode vazar e contaminar águas e solo, além de risco de explosões e queimaduras quando se mistura óleo usado com outros produtos químicos, sem o devido cuidado.

 

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui