Pilar Hospital inicia Pronto Atendimento em Ortopedia

Ortopedia
Pixabay

Dores nas costas, membros, quadril, até situações mais graves, como fraturas de fêmur, que exigem atenção médica hospitalar imediata. Essas são algumas das atuações da equipe especializada de ortopedistas do Pronto Atendimento do Pilar Hospital, de Curitiba, coordenados pelos médicos Luiz Antonio Bauer e Luiz Renato Brand.

A partir deste mês de abril, o Pilar Hospital contará com a presença de médicos especialistas em ortopedia, titulados com RQE (registro no CRM), em sistema de plantão no Pronto Atendimento, de segunda a sexta-feira, das 8h às 20h. Nos demais horários em regime de atendimento por emergencistas com supervisão de especialista orto.

O serviço é lançado justamente em um mês muito importante, o Abril Laranja, Mês da conscientização da amputação, uma iniciativa da Associação Brasileira de Ortopedia Técnica (Abotec), com intuito de informar à sociedade sobre formas de evitar a perda dos membros.

Segundo Dr. Brand, esse é um mês muito importante, devido à campanha de prevenção e conscientização de que amputações podem ser prevenidas. Dados da Organização Mundial da Saúde (OMS), destacam que 70% das amputações realizadas no Brasil são decorrentes do diabetes, o que representa cerca de 55 mil procedimentos desse tipo por ano. “As principais causas de amputação são, na maioria, as derivadas das vasculares, dentre elas o diabetes que causa, inclusive, amputações recorrentes em um mesmo paciente. Então, para prevenir a perda de um membro é preciso pensar o paciente sob vários aspetos, indo do controle glicêmico, através de alimentação saudável, exercício físico e o próprio acompanhamento médico, para se ter esse controle adequado da glicemia”, alerta o especialista.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui