Práticos, funcionais e decorativos: veja como os armários fazem a diferença o dia a dia da cozinha

Através de seus projetos, a arquiteta Marina Carvalho demonstra como são essenciais para os ambientes, proporcionando organização e beleza 

Práticos, funcionais e decorativos: veja como os armários fazem a diferença o dia a dia da cozinha
Práticos e funcionais, os armários dão um toque especial para as cozinhas, além de conceder um décor personalizado. Por aqui, a arquiteta Marina Carvalho a composição, cores leves da marcenaria e a delicadeza do porcelanato sextavado na parede dão movimento à composição, onde de um lado está a bancada da pia, feita de quartzo, e do outro a prática bancada para refeições rápidas com cadeiras. |Fotos: Evelyn Müller

Além de dar mais funcionalidade e beleza, os armários de cozinha têm a função de armazenar e ocultar os utensílios deixando o ambiente mais organizado e, consequentemente, impedindo que a gordura e a poeira entrem em contato com os objetos que lá estão. Também é uma ótima opção para quem quer investir no décor, já que com eles o local fica mais charmoso e sofisticado. Mas, apesar das vantagens que os armários proporcionam na cozinha, a tarefa de escolher o modelo ideal para o projeto pode ser complicada para o morador que desconhece os estilos, uma vez que existem uma grande quantidade de opções disponíveis.

É muito importante tirar as medidas completas do espaço destinado para o armário, assim trabalhamos com uma peça executada com exclusividade ou comprar aquela com o tamanho certinho, evitando dores de cabeça mais para frente. Também temos que ficar atento às aberturas de janelas e os vãos para os eletrodomésticos, de forma que tudo se encaixe perfeitamente”, explica a arquiteta Marina Carvalho, à frente do escritório que leva seu nome. A profissional ainda ressalta que, além de oferecer praticidade e boa estética, o armário de cozinha deve harmonizar com a proposta decorativa da cozinha, deixando o ambiente ainda mais agradável.

Com diversos tipos de armários em seus projetos, Marina dá dicas e inspira com algumas soluções que produziu em seus projetos. Confira!

1)    Cozinhas pequenas

Práticos, funcionais e decorativos: veja como os armários fazem a diferença o dia a dia da cozinha
Armários sob medida são excelentes soluções para compactar os espaços da cozinha com dimensões reduzidas. Neste projeto, Marina Carvalho enfatizou a praticidade e beleza do móvel planejado, onde o verde suave da marcenaria transmite mais vida ao ambiente. |Fotos: Evelyn Müller

Em cozinhas pequenas, é interessante pensar em armários sob medida, pois com eles é possível economizar espaço e deixar o cômodo mais compacto. Por ficarem suspensos, os armários aéreos também são de grande ajuda, pois além de contribuir com o armazenamento dos utensílios, não interferem na circulação de pessoas em sua cozinha.

Na cozinha projetada por Marina, a marcenaria sob medida foi essencial, já que o local dispunha de metragens estreitas. “Com a marcenaria planejada, conseguimos encaixar muito bem geladeira, cooktop, forno e micro-ondas próximos um do outro, dando assim mais praticidade à rotina da casa. Pensando na decoração, decidimos pelo verde menta para destacar os armários, em um arranjo supermoderno com os azulejos desenhados instalados na parte da bancada”, comenta a arquiteta.

2)    Saindo do padrão 

Práticos, funcionais e decorativos: veja como os armários fazem a diferença o dia a dia da cozinha
Em um local não muito convencional, esse armário foge dos padrões. Com um formato simples, armazena muito bem os utensílios. Com um olhar perspicaz da arquiteta para o aproveitamento dos espaços, a marcenaria entrou em cena entre os dois pilares de sustentação do apartamento. |Fotos: Evelyn Müller
Práticos, funcionais e decorativos: veja como os armários fazem a diferença o dia a dia da cozinha
Em um local não muito convencional, esse armário foge dos padrões. Com um formato simples, armazena muito bem os utensílios. Com um olhar perspicaz da arquiteta para o aproveitamento dos espaços, a marcenaria entrou em cena entre os dois pilares de sustentação do apartamento. |Fotos: Evelyn Müller

Os armários de cozinha, não necessariamente, precisam seguir o mesmo modelo: a ideia é sempre pautada na análise que identifica qual a tipologia que melhor atende melhor o layout e as demandas dos moradores. Para que se tenha organização e melhor distribuição dos utensílios, é interessante oferecer compartimentos bem definidos, auxiliando divisão.

Um bom exemplo é este armário com portas ripadas, onde Marina aproveitou o vão entre os pilares do apartamento criando um móvel de com seis prateleiras. “As fitas de led iluminam a parte de dentro para facilitar a visualização dos itens. Já as portas venezianas do tipo camarão e com pintura branca, ajudam a ocultar tudo o que está na parte de dentro, além de deixar a área de jantar mais livre”, relata a profissional.

3)    As cores fazem diferença

Práticos, funcionais e decorativos: veja como os armários fazem a diferença o dia a dia da cozinha
Na marcenaria desta cozinha, o revestimento cor goiaba mescla com o efeito terroso do tijolinho. Segundo Marina, o tom adicionou um toque de personalidade no projeto de interiores, mostrando que as cores fazem toda diferença quando o assunto é armário de cozinha. |Fotos: Evelyn Müller
Práticos, funcionais e decorativos: veja como os armários fazem a diferença o dia a dia da cozinha
Na marcenaria desta cozinha, o revestimento cor goiaba mescla com o efeito terroso do tijolinho. Segundo Marina, o tom adicionou um toque de personalidade no projeto de interiores, mostrando que as cores fazem toda diferença quando o assunto é armário de cozinha. |Fotos: Evelyn Müller

Além de proporcionar funcionalidade e praticidade aos moradores, a estética do armário de cozinha também deve ser levada em consideração. Dessa forma, as cores são elementos valiosos para dar personalidade ao ambiente, cooperando até para integrar e ampliar o local. Atendendo ao pedido dos moradores por cômodo mais colorido, a cozinha deste apartamento recebeu armários em tom de goiaba, em um mix terroso por conta do tijolinho que reveste as paredes. “Quando temos cores neutras nas paredes e no piso, conseguimos ousar um pouco mais. Assim, a marcenaria pode receber cores vibrantes ou que seguem o estilo de decoração do projeto, mas sempre tomando cuidado com os excessos”, finaliza.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui