Ambientes para relaxar: Veja como alguns espaços podem se tornar áreas agradáveis para os moradores

Muito mais que resolver as questões do projeto e exaltar o estilo definido, o conceito atual de casa implica em responder às predileções e anseios proprietários;

A arquiteta Marina Carvalho mostra, através de seus projetos, boas ideias de espaços destinados para descansar e se divertir em casa

Ambientes para relaxar: Veja como alguns espaços podem se tornar áreas agradáveis para os moradores
E se a paixão for pela música tocada de forma ‘retrô’ na amada vitrola? Nesta varanda da moradora, o décor realizado pela arquiteta Marina Carvalho é um convite para escolher um LP e cada uma das faixas | Projeto Marina Carvalho Arquitetura |Fotos: Evelyn Müller

Com uma rotina cada vez mais corrida e exaustiva, o lar se torna o lugar onde os moradores desfrutam de momentos prazerosos e especiais, sejam eles sozinhos ou em família. Porém, para que a residência seja um local que proporcione uma melhora na qualidade de vida e bem-estar, é preciso ter espaços agradáveis e bem projetados. “Todos nós precisamos daquele cantinho da casa para se aconchegar, se sentir em paz e recarregar as energias. Esse lugar pode ser a sala, um ambiente para leitura ou local para praticar hobbies. Ter momentos em locais como estes fazem total diferença na arquitetura de interiores”, enfatiza a arquiteta Marina Carvalho, à frente do escritório que leva seu nome.

Para quem pretende transformar um cantinho do imóvel em um ambiente para relaxar, confira alguns projetos da arquiteta para se inspirar:

Mini Bar 

Ambientes para relaxar: Veja como alguns espaços podem se tornar áreas agradáveis para os moradores
Um cantinho para as bebidas é primordial para moradores que gostam de apreciar e servir aos seus convidados. Em um pequeno espaço, a arquiteta Marina Carvalho conseguiu incluí-lo na varanda deste apartamento. Discreta e prática, a cervejeira foi inserida na marcenaria que dispõe de armários de sobra para guardar os copos |Fotos: Evelyn Müller

Ter um mini bar em casa é uma ótima opção para quem gosta de reunir convidados ou apenas ter uma coleção de bebidas. Esse pequeno espaço vem ganhando cada vez mais importância nos lares brasileiros, por ser prático, funcional e agradável, pode acrescentar ainda mais sofisticação e modernidade no projeto. Com marcenaria e tons discretos, os moradores pediram uma bancada com cuba e torneira, além da cervejeira. “Embora o apartamento seja compacto e a cozinha não fique tão distante, essa área bem equipada deixou os momentos de descontração mais práticos e com uma belíssima vista da cidade”, conta Marina.

O café nosso de cada dia

Ambientes para relaxar: Veja como alguns espaços podem se tornar áreas agradáveis para os moradores
Com a expansão das máquinas de café, a bebida ganhou um espaço para chamar de seu. A hora do cafezinho se tornou mais agradável neste apartamento: com a marcenaria que recebe o eletrodoméstico e os itens complementares, bancada e banquetas não ficaram de fora. Ideal para um bate papo mais reservado após o almoço | Projeto Marina Carvalho Arquitetura |Fotos: Evelyn Müller

Não há dúvidas que uma das maiores paixões do brasileiro é o famoso cafezinho, que cada vez mais se destaca na decoração de interiores. Dividindo o espaço com o frigobar, o pequeno terraço desse projeto executado pela arquiteta Marina Carvalho revela uma

marcenaria bem planejada, que foi pensada para deixar o local mais prático e organizado. Um dos destaques é o azulejo estampado com desenhos geométricos, evoca a ideal de um painel “Vale lembrar que é muito importante prever os pontos de elétrica para o abastecimento dos equipamentos. Também não abro mão de uma marcenaria para dispor os acessórios que acompanham o momento”, ressalta.

Muito mais que uma simples varanda

Ambientes para relaxar: Veja como alguns espaços podem se tornar áreas agradáveis para os moradores
Esta varanda se tornou um outro cômodo após Marina aproveitar o espaço para criar um ambiente aconchegante e agradável. A arquiteta projetou uma sala de TV e jantar neste espaço, onde familiares e amigos podem se reunir para diversas atividades. |Fotos: Evelyn Müller

A varanda também é um local que pode ser adaptado para outras finalidades. Como esse ambiente está cada vez mais espaçosos nos novos empreendimentos, acabam assumindo novas funções nos projetos residenciais, podendo se tornar um espaço gourmet, extensão da sala de estar, sala de jantar e home office, entre outras possibilidades. “Tudo depende do tamanho do espaço e do estilo de vida do morador”, avalia a arquiteta. No projeto de reforma desse apartamento, ela modificou totalmente a varanda ao criar um ponto de encontro delicioso para a família com a inclusão de cobertura composta por metal e vidro. “Trouxemos a sala de TV pra cá, além da mesa de jantar lá ao fundo. A ideia foi propiciar um espaço super agradável para reunir a família e dar mais qualidade de vida para eles”, explica.

Cantinho de leitura

Ambientes para relaxar: Veja como alguns espaços podem se tornar áreas agradáveis para os moradores
Projetar um ambiente reservado para leitura, onde o morador pode se sentar, ler um bom livro e se desligar do mundo, sem dúvidas, é uma missão muito especial. Neste apartamento, Marina aproveitou um espaço que seria desperdiçado na área social e o transformou num recanto de leitura. “Como o bar está perto desse pequeno ambiente, os moradores também podem se esparramar na poltrona, esticar os pés no pufe, e tomar um drink para relaxar. Isso mostra que cada um pode utilizar o espaço como desejar”, finaliza.

Sobre a arquiteta Marina Carvalho

Graduada pela faculdade de Arquitetura e Urbanismo, com MBA em Gestão Estratégica e Econômica de Projetos na Fundação Getúlio Vargas, no início de sua carreira, Marina de trabalhou no Estúdio Penha, e, posteriormente, com Arthur Casas, onde ocupou por muitos anos um cargo de coordenadora em uma das maiores incorporadoras da América Latina. Esta etapa foi importante em sua carreira pois lhe deu a percepção de que sua verdadeira realização só viria quando pudesse levar às pessoas tudo em que eu acreditava.

A decisão de montar seu próprio escritório aconteceu após passar uma temporada morando em Londres, o que aumentou sua inquietude. Marina, que acumula cursos em seu currículo, entre eles, o técnico de Design de Interiores do Senac, entre outros (iluminação, fotografia, paisagismo, cenografia), optou pela liberdade de fazer aquilo em que acreditava por meio de um projeto autoral.

Atualmente a arquiteta trabalha no escritório que leva o seu nome, Marina Carvalho Arquitetura. Para ela, perceber nos olhos do cliente o sentimento de alegria e satisfação no dia da entrega é o que a faz acordar feliz todos os dias.

www.marinacarvalho.com

(11) 4324-4555

@marina.carvalho.arquiteta

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui