Bancos digitais começam a oferecer financiamento para compra de veículos

De olho em um mercado que só no ano passado movimentou R$ 196,8 bilhões, de acordo com a Associação Nacional das Empresas Financeiras das Montadoras (ANEF), os bancos digitais estão voltando suas atenções às concessões de financiamento de veículos. Desde o ano passado, as instituições entraram no segmento de empréstimos para compra de automóveis e comerciais leves em concessionárias e lojas independentes.

A movimentação mostra que os bancos estão em busca de simplificação de processos para conquistar uma fatia maior do público consumidor.

Para Fernando Weigert, diretor da Alias Tecnologia, que fornece soluções para empresas públicas e privadas que atuam no segmento bancário e de financiamento de veículos, os bancos digitais e fintechs levam algumas vantagens. “O segmento de financiamento de veículos é um mercado em expansão e esse interesse dos bancos digitais é um caminho natural. Como não há agência fixa, os custos diminuem consideravelmente, o que as tornam bastante competitivas. Outra vantagem é a facilidade na hora da contratação, já que as pessoas esperam cada vez mais agilidade e rapidez para concessão de créditos “, analisa.

Entretanto, Weigert acredita que os bancos tradicionais não perderão mercado com a novidade, já que muitos estão migrando para o digital e facilitando a contratação.

“A grande vantagem dos bancos e financeiras tradicionais é o prestígio e segurança que eles oferecem. Praticamente todos já estão utilizando canais e ferramentas digitais para oferecer contratação de financiamento sem que o cliente precise sair de casa. Com a entrada dos bancos digitais o que vai ocorrer é um aumento da concorrência, o que impulsiona ainda mais investimentos de todos os lados, beneficiando a economia e os clientes”, diz.

Seguindo a tendência do mercado, a Alias investe em tecnologia para ser um braço parceiro das instituições. O carro-chefe da empresa é o software E-Registro, que efetua a gestão, arquivamento e automação do registro de contratos de financiamento de veículos com alienação fiduciária, por meio de um processo on-line, seguro e descomplicado. Na prática, o sistema diminui a burocracia do processo e torna o registro de contratos de financiamento mais rápido e seguro para as instituições credoras e órgãos públicos, como os Detrans, e revendedores de veículos.

O software foi desenvolvido a fim de criar a melhor experiência para os usuários, com agilidade, praticidade e possibilidade de integração, reduzindo consideravelmente os esforços operacionais. Lançado em 2018, o produto já atende 225 instituições financeiras (bancos, consórcios, financeiras e cooperativas de crédito de grande, médio e pequeno porte).

Se depender do setor, as empresas devem alcançar resultados positivos. De acordo com dados da bolsa de valores oficial do Brasil, a B3, as vendas financiadas de veículos em 2021 somaram 5,9 milhões de unidades, entre novos e usados – incluindo motos, autos leves e pesados. O número representa crescimento de 6,8% em relação ao ano de 2020, e equivale a 375 mil unidades financiadas a mais. Os destaques de 2021 foram os segmentos de veículos pesados e de motos com crescimento de 18% e 17,6% respectivamente, na comparação com o ano anterior.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui