Como reter talentos em uma empresa

84% das empresas enfrentam dificuldades para encontrar profissionais qualificados para sua empresa; CEO do market4u e especialista em gestão de pessoas dá dicas para criar um ambiente corporativo saudável

Segundo uma pesquisa recente sobre Tendências em Gestão de Pessoas, realizada pela ISK Consultoria Organizacional, 74% das empresas têm a expectativa de ampliar os negócios em 2022. O que é algo a ser comemorado, por outro lado, 84% dessas companhias enfrentam algum tipo de dificuldade em encontrar profissionais qualificados para seu quadro de colaboradores.

Outra pesquisa feita pela Gartner em 2021, com líderes de recursos humanos, aponta que a debandada de profissionais das empresas é preocupante: em julho de 2021, o número de empresas que percebiam fortes sinais de turnover aumentou 34%, contra 16% do mês de maio do mesmo ano.

“Vários fatores colaboram para essas taxas tão elevadas, mas um deles, e acredito que o principal, é o retorno às atividades presenciais. A empresa que não se adaptar e não criar um ambiente atrativo para o colaborador, além de ter um plano de retenção de talentos muito importante, vai sair perdendo”, explica o CEO do market4u e especialista em gestão de pessoas, Eduardo Córdova.

O empresário, que atualmente emprega mais de 200 pessoas, dá dicas de como criar um ambiente saudável para seus colaboradores e reter talentos dentro de uma empresa.

1- Trabalho híbrido. O presencial voltou, todos sabemos, mas permitir que o colaborador possa trabalhar de casa de vez em quando é primordial para saúde mental e qualidade de vida desse funcionário;
2- Promover ambientes saudáveis e gostosos. Passamos muito tempo em casa e ter no trabalho uma comodidade similar, é um diferencial: nas nossas empresas, colocamos mercados autônomos, para um snack no meio do dia ou até aquela compra rápida antes de ir pra casa; sofás para descanso; cozinha equipada para tomar um café da tarde, entre outros benefícios;
3- Hierarquia por influência. Muito mais do que ser um chefe, precisamos influenciar pessoas pelo nosso exemplo. Não tem mais espaço para o chefe inflexível. Além disso, o senso de controle precisa ser comedido: as pessoas buscam por autonomia e isso é benéfico até para criação;
4- Cursos de atualização. Propor extensões e até deixar que seu colaborador traga para você ideias de cursos que gostaria de fazer é sempre excelente para a empresa, que ganha com um profissional ainda mais qualificado;
5- Programa de benefícios. Muito mais do que apenas um vale alimentação e refeição, propor aos colaboradores benefícios ainda mais atrativos, para que eles se sintam parte da empresa, como programas de stock option, por exemplo;
6- Plano de cargos e salários. Definir com seu time onde eles estão e onde eles podem chegar a curto, médio e longo prazo, e constantemente dar feedbacks sobre o andamento do trabalho dele na empresa.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui