Ilha do Japão, em Angra dos Reis, adere à energia solar

Ilha privada em paraíso ecológico deixará de queimar 160 litros de diesel por dia com a instalação de sistema fotovoltaico com equipamentos da alemã SMA.

Ilha do Japão, paraíso ecológico de Angra dos Reis/RJ.

Com equipamentos da gigante SMA, empresa alemã líder no fornecimento de soluções fotovoltaicas, o novo sistema para geração de energia solar instalado pela Ideatek Service Solar na Ilha do Japão, em Angra dos Reis, ajudará a luxuosa propriedade deixará de queimar 160 litros de diesel por dia. Os ganhos não se limitam somente a redução drástica na queima de combustível – o preço do diesel quase dobrou no último ano, mas também na poluição sonora e no transporte do combustível.

A Ilha do Japão é uma ilha privada exclusiva localizada a 7 km da margem de Angra dos Reis, município brasileiro localizado a 168 km da cidade do Rio de Janeiro. Dentro da região de Angra existem 365 ilhas, algumas das quais são de propriedade privada e habitadas. Angra dos Reis faz parte da região de Costa Verde, chamada assim graças à sua abundância de floresta verdejante.

O pano de fundo desse projeto foi o de contribuir com a valorização do meio ambiente pela utilização de energia e do desenvolvimento sustentável, visando a melhoria da qualidade de vida da sociedade.

O IDJ é uma propriedade de férias residenciais exclusivamente privada que abrange 2,5 hectares e oferece acomodações luxuosas para até 10 pessoas, amplas áreas comuns, uma praia privada e águas cristalinas e magníficas. As diárias no local custam 20 mil reais em acomodações de altíssimo padrão.

Na semana passada, a Ideatek Service Solar concluiu o comissionamento do sistema Off-Grid na Ilha do Japão. Rogerio Mattos, CEO da Ideatek Service Solar, garante que o projeto trouxe muitos desafios para a empresa. “Quando fomos chamados, sabíamos que o desafio seria muito maior que todos os anteriores, apesar de ser o menor sistema que comissionamos até hoje”.

“É extremamente gratificante participar de um projeto que visa a economia e a sustentabilidade por meio da energia solar como o da Ilha do Japão. Apesar dos desafios de logística e transportes em uma ilha afastada do litoral, estamos orgulhosos pela condução do trabalho e do resultado, que fará da ilha não apenas um paraíso para os olhos, mas também um hotel sustentável e verde, abastecido com energia limpa, a energia solar”.

André Gellers, Country Manager da SMA Brasil, comemora a participação da empresa no projeto. “A SMA prima pela qualidade de seus produtos, seu compromisso com a satisfação dos clientes e com o meio ambiente. Poder fornecer equipamentos para um para uma propriedade em um paraíso ecológico e ajudar em seus esforços de sustentabilidade é uma grande satisfação para nós”.

A SMA desenvolve produtos e soluções que melhoram o rendimento energético das plantas instaladas em telhados de residenciais, comércios, indústrias e usinas fotovoltaicas de grande porte.

O Sistema fotovoltaico da Ilha do Japão conta com 113 painéis fotovoltaicos com potência total de 45kWp e um inversor SMA CORE1 com 50KVA de potência. Já o sistema de armazenamento de energia conta com 72KVA de potência, utilizando 12 inversores 6KVA do SMA Sunny Island 8.0H, com o sistema de distribuição SMA MultiCluster Box 12.3 e 28 baterias da UZ Energy Power Lite Series com 5,12kWh de capacidade de armazenamento, total de 130kWh de autonomia.

Além dos sistemas de pontas da SMA, para se ter uma ideia da tecnologia empregada neste projeto, basta dizer que a UZ Energy, fabricante do sistema de armazenamento, utiliza baterias da CATL, mesmo fornecedor de baterias dos carros da gigante americana Tesla (Tesla Model 3).

Inversor SMA CORE1 com 50KVA de potência utilizado no sistema fotovoltaico da Ilha do Japão.

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui