Principais sintomas de problemas na tireoide

Dia 25 de maio é o Dia Internacional da Tireoide, importante glândula para o bom funcionamento de vários órgãos e desempenha um papel fundamental em nossa saúde e bem-estar. Neste ano, o tema da campanha é “Menos é Mais” e tem o objetivo de abordar os excessos relacionados ao tratamento e ao diagnóstico das doenças da tireoide.

A endocrinologista do Hospital Otorrinos Curitiba, Dra. Fernanda Justus Malucelli, lembra que a tireoide pode ser considerada uma “comandante” do nosso metabolismo.

“A glândula tireoide produz os hormônios T3 e T4, e é responsável por regular a função de importantes órgãos como o coração, o cérebro, o fígado e os rins. Quando não funciona corretamente, pode liberar hormônios em quantidade insuficiente, causando o hipotireoidismo, ou em excesso, ocasionando o hipertireoidismo. É importante ressaltar que os hormônios T3 e T4 são muito importantes em todas as fases da vida”, observou a especialista.

A médica aproveitou para esclarecer uma frase que muitas vezes é dita de forma errada.

“Já ouvi vários pacientes no consultório falando que tem tireoide. Que bom, pois todos nós temos. A glândula tireoide é um órgão, assim como é o coração e os rins, por exemplo, e não uma doença. Está localizada na parte anterior do pescoço, logo abaixo do Pomo de Adão. Então, quando alguém diz que ‘tem tireoide’, talvez ela esteja querendo dizer que tem problemas na tireoide (hipotireoidismo, nódulos, etc.)”, esclareceu.

Sintomas de problemas na tireoide

A disfunção da tireoide de cada paciente é única, mas existem alguns sinais que podem servir de alerta para a doença. Confira:

:: Alteração de peso: se houver perda ou aumento de peso sem motivo aparente, é importante verificar a disfunção hormonal tireoidiana.

:: Aumento de volume na região do pescoço: nos dois casos (hipotireoidismo e hipertireoidismo), a glândula tireoide pode se tornar maior do que o normal, podendo até ser visível na parte inferior da garganta. Bócio é o nome que se dá ao aumento da glândula tireoide. 

:: Cansaço excessivo: no hipotireoidismo, o metabolismo do corpo fica lento, podendo causar sintomas como falta de disposição e sonolência excessiva.

:: Alteração do humor: sintomas como ansiedade, irritabilidade e insônia podem ocorrer no hipertireoidismo, assim como depressão e falta de memória podem ocorrer no hipotireoidismo.

:: Alteração do hábito intestinal: pacientes com hipotireoidismo podem apresentar constipação; pacientes com hipertireoidismo, diarreia.

Outras informações importantes sobre a tireoide

1 – A tireoide atua no crescimento e desenvolvimento de crianças e adolescentes, no peso, na memória, na regulação dos ciclos menstruais, na fertilidade, na concentração, no humor e no controle emocional.

2 – Em um adulto, a tireoide pode chegar a até 25 gramas.

3 – Disfunções na tireoide podem acontecer em qualquer etapa da vida e são de simples de se diagnosticar. Além disso, elas podem ocorrer mesmo sem o bócio.

4 – Estima-se que 60% da população brasileira tenha nódulos na tireoide em algum momento da vida. Mas isso não significa que sejam malignos. Apenas 5% são cancerosos.

5 – Além de se parecer com uma borboleta, a tireoide também lembra o formato de um escudo. Daí o surgimento de seu nome: uma aglutinação dos termos thyreós (escudo) e oidés (forma de).

6 – Algumas crianças podem nascer com hipotireoidismo. Para detectá-lo, é realizado o chamado Teste do Pezinho, que deve ser feito, preferencialmente, entre o terceiro e quinto dia de vida do bebê.

Campanha Dia Internacional da Tireoide 2022

A campanha da Semana Internacional da Tireoide de 2022 tem como tema “Menos é Mais” e tem o objetivo de abordar os excessos relacionados ao tratamento e ao diagnóstico das doenças da tireoide.

A Sociedade Brasileira de Endocrinologia e Metabologia, através do Departamento de Tireoide, Comissão de Campanhas e Comissão de Comunicação Social, realiza, ao longo desta semana, alguns lives sobre o tema, além de um podcast especial. Clique aqui para conferir.

Acompanhe as redes sociais da SBEM-PR e do Departamento de Tireoide da SBEM Nacional para mais informações sobre a campanha: https://www.instagram.com/tireoidesbem/ .

Com informações: Departamento Tireoide SBEM

Foto: Divulgação

Últimas notícias

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui